Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quarta-feira, 28 de agosto de 2019

UMA BREVE HISTÓRIA DA PÉSSIMA ADMINISTRAÇÃO ASSIS RAMOS, IMPERATRIZ PRECISA E PODE MAIS QUE ISSO...


A vitória de Assis Ramos para a Prefeitura de Imperatriz em 2016 é um daqueles fatos políticos que, em um futuro não muito distante, servirão apenas de registro de experiências administrativas negativas, daquelas que devem ser usadas como ensinamento, para que não se repitam mais.
Anteriormente considerado um exemplo de delegado, teve sua competência questionada quando na época da investigação do assassinato de Iron Vasconcelos, conhecido como "Palhaço Iron", gravou entrevista afirmando categoricamente que já sabia quem eram os assassinos, inclusive os mandantes, e que os mesmos seriam apresentados em poucos dias. Fato este que nunca aconteceu, e a única tratativa sobre o caso, por parte do antigo chefe das investigações, foi o silêncio.
Lançado como candidato a Prefeito, pelo MDB, partido da Oligarquia Sarney, família política tradicional nacionalmente conhecida como símbolo do atraso e considerada por todos a grande culpada pelo grande atraso e pobreza do estado do Maranhão, Assis teve a coragem de afirmar publicamente que não tinha vínculos políticos com a Oligarquia por medo da imensa rejeição que a mesma tem na cidade de Imperatriz. Há quem diga que na reta final da sua campanha dois "caciques Sarneystas" se esconderam em um tradicional hotel da cidade para dar as ordens à inexperiente equipe de campanha para que tudo saísse conforme o "Modelo Sarney" de fazer política.
Falando em "Modelo Sarney" de fazer política, Assis saiu de 3º nas pesquisas para 1º nas urnas ao melhor, ou pior, estilo, baixo e sujo, Sarneysta, espalhando um áudio de um militar que se dizia perseguido por seu posicionamento político, quebrando a hierarquia e ofendendo seus superiores, inclusive o governo do estado, tudo companhado de muitas "lágrimas de crocodilo" ao estilo novela mexicana.
Ganhou com o discurso do NOVO e do APOLÍTICO.
Vitorioso nas urnas com uma votação que nem de longe expressa a vontade da maioria absoluta dos eleitores da cidade, menos de 30%, Assis não esperou muito tempo pra mostrar o que todo mundo sabia, que mentia quando dizia que não tinha vínculos com a Família Sarney e correu para pedir bênção ao velho oligarca.
Após assumir mostrou que além de inexperiente ainda parecia achar que estava em uma delegacia, virou piada na cidade sendo chamado de "prefeito-delegado" ou de "delegado-prefeito", péssimo articulador, sofre para trazer recursos para a cidade, trocou farpas com o Governador do estado, sua administração terá como marca, certamente o pior período da saúde púbica municipal da história de Imperatriz e pelo impasse, ou briga mesmo, com os professores do município pelo rateio de parte dos mais de R$ 100 milhões do FUNDEB que lhes é de direito.
Em pouco tempo teve seletivos e até concursos com procedimentos duvidosos e até acusações de ter funcionários fantasmas.
Uma vez o comparei com Salvador Rodrigues, prefeito que está na história da cidade como um dos piores, se não o pior, e fui rapidamente repreendido por uma pessoa mais experiente que afirmou: "Assis é muito pior que Salvador, que foi péssimo, mas não tinha recursos para tentar fazer algo, Assis tem recursos e é péssimo como Prefeito, portanto é pior. A mim só restou concordar com a voz da experiência.
A administração Assis Ramos é péssima, e como falei antes, nem deveria ter começado, mas já que começou que sirva de lição para que uma cidade dessa magnitude não seja, nunca mais, entregue a uma pessoa que não a conhece, não conhece política e não conhece a administração púbica.
Imperatriz pode mais...
#Itzpode+

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: