Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quinta-feira, 22 de março de 2018

Mudança de sentido das Ruas Dom Pedro I e II,no Bairro Bacuri, gera prejuízo a comerciantes, transtorno a moradores e coloca em risco a economia da região e o emprego de dezenas de pessoas...


Com o argumento de "melhoria da trafegabilidade" de uma parte importante do Bairro Bacuri, o mais populoso de Imperatriz-MA, a Prefeitura no dia 14/03 anunciou a mudança do sentido das ruas Dom Pedro II e Dom Pedro I.
Essas duas ruas, embora paralelas, tem papéis importantes não só no trânsito, mas na economia do bairro, desde o tempo em que era mão-dupla a rua D. Pedro II era uma rua de retorno, usada pelos moradores da região para retornar a seus lares, sendo assim nela se desenvolveram diversas pequenas empresas, princialmente pequenos mercados panificadoras, açougues e pontos de venda de alimentos prontos.
A D. Pedro II só se tornou mão-única na gestão do Prefeito Madeira, mas sua vocação comercial e importância para a economia da região foi respeitada, mantendo-a como via de retorno para o bairro, na mesma época a D. Pedro I foi asfaltada e passou a ser mão-única no sentido oposto, do bairro para o centro da cidade.
No dia 21/03 a Prefeitura de Imperatriz executou a mudança que havia sido anunciada, o resultado no primeiro dia foi de insatisfação, principalmente entre os muitos comerciantes, como era de se esperar.
Comerciantes que tem hora marcada para vender seus produtos, como panificadoras, restaurantes e pontos de venda de frango assado, tipicamente nos horários de retorno pra casa, como no horário do almoço, no final de tarde e início da noite, comunicaram a esse humilde professor que vos fala que suas perdas foram de aproximadamente 50% do faturamento em função da proibição do fluxo tradicional da Rua Dom Pedro II nos horários em que as demanda por seus produtos é maior.
Como Professor de Cursos de Administração e Engenharia com passagem pelas  algumas das principais instituições de ensino superior da cidade, faço os seguintes questionamentos:

  1. O prefeito, o secretário de trânsito ou qualquer membro do executivo municipal conhecem ou buscaram conhecer a história do bairro?
  2. Foi feito algum estudo a respeito do impacto social ou econômico que uma mudança como essa pode causar para a economia de um dos principais bairro de Imperatriz?
  3. É coerente em um momento de retração econômica e desemprego em alta colocar em risco a sobrevivência de dezenas de pequenos empreendimentos comerciais?
  4. Os vereadores de Imperatriz não vão se manifestar em relação a uma mudança que pode gerar tão pouco benefício e tantos prejuízos e transtornos para dezenas ou centenas de cidadãos?

A figura mostra a mudança realizada pela Secretaria de Trânsito de Imperatriz

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: