Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

segunda-feira, 7 de novembro de 2016

MINHA VISÃO SOBRE A VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER E O CASO DA ADVOGADA E OS POLICIAIS...

Está circulando nas redes sociais um vídeo de uma mulher que se identifica como advogada e que enfrenta policiais, de acordo com o vídeo ela reclamava contra a operação da PM contra um grupo que continha mulheres e crianças.
Sempre digo a meus amigos, alunos e ex-alunos policiais que os bons policiais são responsáveis por zelar pelo bom nome da classe.
O caso aconteceu ontem antes do jogo da final da Série C entre Guarani-SP e Boa Esporte-MG, na cidade mineira de Varginha.
Como uma boa parte dos advogados, eu disse boa parte, não todos, esta assumiu uma postura prepotente e agressiva na defesa dos seus interesses.
O que resultou em uma agressão desproporcional do policial à mesma.
Se ela estava desacatando os policiais, por que não foi imobilizada, presa e conduzida para a delegacia?
O policial tem o direito de agredir desproporcionalmente uma mulher, mesmo que essa a falte com respeito?
Muitos vão dizer que eu não sei do que estou falando, pois não sou policial, mas acontece que há alguns poucos meses passei poe uma situação muito semelhante à vivida por esse policial, uma advogada teve uma postura semelhante comigo no meu local de trabalho pelo simples fato de, eu e meu colega, podermos atender suas "ordens" e eu ter pedido para que ela se retirasse.
Só não fui agredido fisicamente porque o seu cliente e meu colega a seguraram, e ela ainda saiu pelos corredores esbravejando que tinha sido agredida e que iria chamar a polícia e a OAB, fato que não aconteceu, pois caso viessem teria testemunhas a meu favor.
A questão é: poderia ou deveria o policial ter agredido aquela mulher de forma tão desproporcional como ele fez?
Na minha concepção, não.
Deveria aquela mulher, por ser advogada, desacatar os policiais?
Na minha concepção, também não.
Sou contra a violência contra mulher, e também sou contra o desrespeito promovido por profissionais que se acham superiores a outros,por questão de princípios.
Se os policiais tinham convicção do seu desacato, creio que deveriam tê-la imobilizado, algemado e conduzido à delegacia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: