Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quarta-feira, 5 de outubro de 2016

POR CAMPANHAS POLÍTICAS COM MENOS POLUIÇÃO VISUAL E SONORA, MENOS LIXO E MAIS RESPEITO À DIGNIDADE DAS PESSOAS...

Um conceito que sempre carreguei comigo se fortaleceu após as eleições municipais de domingo passado em Imperatriz.
Carro de som, santinho (deveria ser chamado de diabinho), colagem de cartazes em imóveis, tem que acabar e a contratação de pessoas para ficarem segurando bandeiras em esquinas em condições insalubres, deveria acabar.
Primeiro por que entendo que essas ações favorecem candidatos que possuem maior poder econômico e que na maioria das vezes o usam para disfarçar um processo de compra de votos. Sim, compra de votos, a captação ilícita de sufrágio, que é crime, mas que pode ser mascarada e legalizada através de uma brecha na lei eleitoral que permite que o candidato contrate pessoas para fazer trabalhos temporários durante a campanha, mas que provavelmente os contrata contando com o seu voto e os votos de sua família.
A lei eleitoral evoluiu muito proibindo os antigos "Showmícios" e a distribuição de camisetas, mas creio que ainda tem muita coisa que deve ser coibida.
Na minha concepção essas formas retrógradas deveriam ser proibidas para que as campanhas se centralizassem em exposição de ideias e projetos que pudessem ser discutidos.
Poucas coisas são mais desagradáveis em uma campanha eleitoral do que os carros de som, geram poluição sonora, não respeitam escolas e hospitais, perto da minha casa passava um carro de som de um candidato pastor que adaptou uma música de "arrocha", se já era esdrúxulo um pastor com uma jingle eleitoral ao ritmo de arrocha, o volume era alto e fez com que a maioria dos eleitores criassem mais antipatia do que empatia com o candidato.

Os diabinhos, ou melhor, santinhos, que de santos não tem nada, pois sujam as ruas, podem provocar acidentes, pois vi pessoas escorregando neles e podem ir parar na rede esgotos gerando entupimento e provocando enchentes, o eleitor consciente não deveria votar em quem faz tanta sujeira e é tão desrespeitoso com a cidade.
Os cartazes colados para tudo quanto é lado, poluindo visualmente a cidade, isso pra mim, além de feio demonstra desrespeito com os munícipes. Recentemente a Superintendência de Defesa Civil de Imperatriz-MA fez um belíssimo trabalho coibindo a poluição visual que estabelecimentos comerciais estavam gerando na cidade, mas os cartazes de políticos em campanha são MUITO PIORES do que as placas comerciais.
E os bandeirinhas nas esquinas, pra mim uma das maiores demonstrações de desrespeito e "legalização" da compra de votos, vi pessoas em Imperatriz-MA expostas ao sol em temperaturas que se aproximavam de 40ºC, sem nenhum equipamento de segurança ou proteção individual, segurando bandeiras de candidatos.
Sei que essas atividades são fontes de renda para muita gente durante esse período, mas creio que os prejuízos coletivos dessas práticas são muito maiores do que os benefícios.



Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: