Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quinta-feira, 4 de dezembro de 2014

MADEIRA CADA VEZ MAIS IMPROBO E RUMO À INELEGIBILIDADE...

PREFEITO DE IMPERATRIZ É CONDENADO A DEVOLVER R$ 4 MILHÕES AOS COFRES DA PREFEITURA...

O Ministério Público do Estado do Maranhão (MPMA) acionou o prefeito de Imperatriz, Sebastião Madeira (PSDB), por ato de Improbidade Administrativa
Por meio de Ação Civil Pública (ACP) o MPMA apresentou indícios de irregularidades no processo de licitação e no contrato de publicidade nº001/2014, firmado entre a Prefeitura do município de Imperatriz e a agência de publicidade Open Door Comunicação LTDA.
Segundo o Ministério Público  Prefeitura  de Imperatriz foi notificada sobre a ilegalidade do processo de licitação e o contrato firmado com a Open Door. O  titular da 6ª Promotoria de Justiça Especializada de Imperatriz, Albert Lages Mendes declarou que apesar do alerta, a Prefeitura não tomou nenhuma providência: ” A omissão do município é uma demonstração de conivência com as irregularidades para beneficiar a empresa Open Door – uma das principais doadoras para a campanha de Sebastião Madeira no seu primeiro mandato como gestor municipal”, declarou o Ministério Público por meio da  Assessoria de Imprensa.
Além de Madeira e dos proprietários da Open Door,  Dayse Maria Moraes e Paulo Sérgio da Silva, foram implicados na ACP  quatro funcionários da Prefeitura: o chefe de gabinete do prefeito, Hudson Alves Nascimento; o assessor de comunicação, Elson Mesquita de Araújo; a presidente da Comissão de Licitação, Denise Magalhães Brige; e o assessor jurídico, Fernando de Aragão.
O Ministério Público  pede a condenação dos apontados , além da  suspensão dos direitos políticos do prefeito Sebastião Madeira, de cinco a oito anos, além da perda da função pública, bem como o  ressarcimento integral do dano material, em prol do Município de Imperatriz, no valor de R$ 4 milhões,  pagamento de multa de duas vezes o valor do dano e a proibição de contratação com o Poder Público pelo prazo de cinco anos a empresa Open Door.

As informações são do Ministério Público.

FONTE: BLOG MARRAPÁ


Um comentário:

  1. O cartão da fome que a prefeitura de Imperatriz paga aos servidores, está atrasado a 02 (dois) meses. Será esse mais um benefício que o prefeito Madeira vai tirar dos servidores? será esse mais um canto de carroceria daquele que engana todo mundo, com exceção de seus secretários?

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: