Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

sexta-feira, 25 de outubro de 2013

FAZER CAMPANHA ANTECIPADA PARA O GOVERNO DO ESTADO COM MÁQUINAS DOADAS PELO GOVERNO FEDERAL ATRAVÉS DO PAC-2 PARA MAIS DE 5.000 MUNICÍPIOS, SE NÃO FOR DESESPERO, EU NÃO SEI O QUE É...

Fazer campanha antecipada para o governo do estado utilizando-se de uma ação do PAC 2 que está distribuindo, que entregará mais de: 
  • 5071 retroescavadeiras 
  • 5061 motoniveladoras 
  • 1440 pás-carregadeiras 
  • 5061 caminhões basculantes 
  • 1440 caminhões cisterna   

No total, 5.061 municípios serão beneficiados com motoniveladora, retroescavadeira e caminhão basculante. Dentre eles 102 municípios do semiárido e em situação de emergência da Sudene receberão também caminhão cisterna e pá carregadeira. 

Chega a ser ridícula a forma desesperada como o governo estadual, usando da estrutura governamental, tenta fazer com que seu desconhecido candidato melhore seu pífio desempenho nas pequisas. E esse desespero acaba por confundi-los em sua estratégia, pois ao invés de se preocupar com Flávio Dino-PCdoB, líder com imensa vantagem, deveriam se preocupar com Eliziane Gama-PPS, que está mais próxima e tem grandes possibilidades de ultrapassar o desconhecido candidato "sarneysta" em 2014...

8 comentários:

  1. Fracasso dos PSDB corruptos Os presidenciáveis Aécio (ou seria néscio?) Neves e José Serra disseram que o leilão do Campo petrolífero de Libra (do Pré-Sal), realizado pelo Governo Federal na segunda-feira (21), teria sido um fracasso. O leilão de Libra realmente foi um fracasso para a quadrilha de peessedebistas corruptos, porque desta vez eles não puderam levar propina. Os mensaleiros (sujeitos corruptos) do PSDB estavam acostumados a levar propina nos negócios realizados pelo Governo Federal, como no caso das privatizações criminosas realizadas pelo ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (FHC). E a roubalheira do bando de FHC tem acontecido também nos governos peessedebistas do Estado de São Paulo (de Mário Covas, de Geraldo Alckmin e de José Serra), como no caso da longa prática de "cartel" em licitações milionárias da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), conforme denunciado pela multinacional alemã Siemens. Não esquecendo ainda do escândalo do Paulo Preto, do tucanoduto (propinoduto tucano) através da estatal paulista Dersa, em conluio com empreiteiras de obras rodoviárias em São Paulo, como no caso da construção do Rodoanel.

    ResponderExcluir
  2. É , ELES QUEREM QUE IMPERATRIZ FIQUE ESCRAVO DESTE GRUPO SARNEY QUE ALIAIS TEM O MADEIRA COMO MEMBRO MAIS NOVO, O MADEIRA QUER AJUDAR A OLIGARQUIA SARNEY A DOMINAR O MARANHÃO E QUE O ESTADO CONTINUE FIANDO COM OS PIORES ÍNDICES ENTRE OS ESTADOS EM EDUCAÇÃO , SAÚDE , ETC.

    MP diz que investiga corrupção no Metrô durante governos do PSDB


    O Ministério Público de São Paulo está convencido de que o propineiro Arthur Gomes Teixeira era o pagador de propinas a autoridades dos governos tucanos de São Paulo de 1997 a 2007, período em que a Alstom e a Siemens, além de outras 16 empresas, teriam realizado obras superfaturadas do Metrô e Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). O pagamento da propina seria feito pelo lobista em contas numeradas na Suíça, como aconteceu com o ex-diretor de Operações e Manutenção da CPTM João Roberto Zaniboni, que recebeu, entre 1999 e 2003, US$ 836 mü em uma conta do Credit Suísse, em Genebra.

    Além disso, a PF e o MP têm documentos, do Ministério Público da Suíça, mostrando que o ex-presidente da Alstom, José Luiz Alquéres, recomenda que os diretores da empresa "utilizem" os serviços do lobista Arthur Teixeira. Em e-mails publicados ontem pelo jornal "O Estado de S. Paulo" o ex-presidente da Alstom afirma ainda que tinha "bom relacionamento" com os governantes tucanos, citando o governador Geraldo Alckmin e o ex-prefeito Jose Serra. Ambos conhecem Alquéres, mas negam que tenham falado com ele sobre negócios.

    - Nós recomendamos que a Corregedoria Geral da Administração faça investigação rigorosa, doa a quem doer, pode ser funcionário, ex-funcionário, quem for. Não vazamento seletivo, mas informação séria, apuração rigorosa, buscando a verdade, se houve algum prejuízo ao estado, o ressarcimento e a punição dos envolvidos - disse ontem o governador Geraldo Alckmin.

    Ontem, os promotores paulistas disseram não ter mais dúvidas de que o elo entre a Alstom e a Siemens com os diretores de estatais paulistas que superfaturaram obras e receberam propinas das empresas é mesmo o lobista Arthur Gomes Teixeira. Ele, que tem escritório na Alameda Santos e casa de praia em São Sebastião, está sendo investigado.

    Não há mais dúvidas de que Teixeira é o elo da Alstom/Siemens com os diretores das estatais paulistas que receberam propinas. Há dez dias recebemos documentos do Ministério Público da Suíça que mostram essa ligação, mas ainda é cedo para concluir a investigação - disse ao Globo um dos promotores do MP de SP.

    A Procuradoria do estado destacou uma força-tarefa para investigar o caso, com dezenas de promotores dos departamentos de Patrimônio Público, do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) e Procuradoria da República. Os promotores abriram 48 inquéritos para apurar os superfaturamentos de obras do governo paulista de 1997 a 2007, envolvendo secretários de estado e funcionários dos governos tucanos.

    O Ministério Público informou que os documentos sobre as irregularidades nos contratos e os pagamentos feitos no exterior reforçam a tese de que Arthur Teixeira seria mesmo o elo das empresas que superfaturaram obras no governo paulista e que, paralelamente, pagaram propinas a dezenas de funcionários das estatais paulistas do setor de transportes.

    ResponderExcluir
  3. Publicado em 25/10/2013
    Vitória da Dilma. Merkel
    se une ao Brasil x EUA

    Ataulfo, dá bye-bye ao caça da Boeing !



    As televisões europeias, nesta noite de sexta-feira, deram destaque a essa decisão da Chanceler alemã, Angela Merkel:

    http://www.usnews.com/news/articles/2013/10/25/germany-joins-brazil-seeking-un-action-against-spying

    “A Alemanha se une ao Brasil (e, não, o contrário) para buscar na ONU uma ação contra a espionagem (dos Estados Unidos, embora as duas não mencionem os EUA – PHA)”

    “35 lideres mundiais estão furiosos por saber que os Estados Unidos os espionam”

    The diplomats plan to introduce the proposal for a vote in the U.N. General Assembly human rights committee later this year, Foreign Policy reports.

    Os diplomatas pretendem levar a voto no comitê de direitos humanos da Assembleia Geral da ONU ainda este ano, diz a revista Foreign Policy.

    Rousseff addressed the U.N. General Assembly in September criticizing the NSA and calling for the U.N. to establish legal regulations that would prevent abuses on the Internet, including international surveillance and violations of privacy.

    Rousseff se dirigiu à Assembleia Geral da ONU em Setembro, quando criticou a National Security Agency dos Estados Unidos e pediu à ONU para criar regras que evitem abusos na internet, o que inclui o grampo e violações de privacidade.

    ResponderExcluir
  4. O DESESPERO DO CLÃ SARNEY - É O TÍTULO DE MATÉRIA IMPERDÍVEL DA REVISTA ISTOÉ
    O desespero do clã Sarney

    Sob o risco de perder o poder no Maranhão pela primeira vez em quase meio século, a família do ex-presidente lança campanha predatória contra o principal candidato da oposição
    Claudio Dantas Sequeira
    CAMINHOS INCERTOS
    A governadora do Maranhão, Roseana Sarney, e
    seu pai: denúncias para atingir os adversários
    Em quase meio século de domínio no Maranhão, o clã Sarney nunca correu tanto risco de perder o poder. Os sinais de esgotamento começaram a surgir nos protestos que tomaram as ruas de São Luís em junho e ganharam mais substância nas últimas pesquisas de intenção de voto para 2014. Em todas elas, os candidatos apoiados por José Sarney, inclusive sua filha Roseana, atual governadora, patinam em índices de popularidade incomuns para quem ditou os rumos políticos do Estado por tanto tempo.


    A maior ameaça à hegemonia dos Sarney chama-se Flávio Dino, que lidera as pesquisas para o governo do Estado com quase 60% de apoio, índice que o credencia a liquidar a eleição no primeiro turno. Exatamente por isso, o ex-deputado federal do PCdoB, ex-juiz e atual presidente da Embratur tornou-se alvo de uma campanha implacável de difamação que expõe o desespero de quem não está acostumado a ser oposição.


    Um dos principais escudeiros da família Sarney na batalha contra Dino é o deputado federal Chiquinho Escórcio (PMDB/MA), que tem feito uma devassa nas contas da Embratur em busca de problemas que comprometam o presidente do órgão. Escórcio acaba de protocolar requerimento ao Ministério do Turismo questionando a Embratur sobre a decisão de abrir 13 escritórios de representação no Exterior. Ele também denunciou Dino à Comissão de Ética Pública da Presidência, acusando-o de usar o cargo para fazer campanha antecipada no Estado. “Dino trabalha em Brasília de segunda a quarta e viaja na quinta para o Maranhão. Quem você acha que está pagando isso?”, questiona Escórcio. Com a experiência de quem já travou nas urnas uma disputa com os Sarney em 2010, Dino diz que não cometeria tal deslize. “Todas as viagens não oficiais são pagas pelo PCdoB ou por mim”, garante. O presidente da Embratur diz que fica no órgão até o meio-dia de sexta-feira e só faz campanha depois das 18 horas.

    ALVO , é FLAVIO DINO

    E SARNEY AMEAÇA SABOTAR OS PALANQUES DE DILMA CASO O PT APOIE FLAVIO DINO

    VEJAM MAIS NO BLOG DO JOSUE MOURA

    ResponderExcluir
  5. Presidente da Embratur e rival dos Sarney,
    Flávio Dino lidera as pesquisas para governador
    As denúncias feitas por Escórcio ganharam destaque nos veículos que integram o Sistema Mirante de Comunicação, da família Sarney. No domingo passado, o jornal “O Estado do Maranhão” publicou reportagem sobre obras-fantasmas que teriam recebido emendas parlamentares do próprio Dino, quando era deputado federal. Foram R$ 5,6 milhões para a construção de ginásios e campos de futebol na cidade de Caxias. As obras, porém, existem e já foram inauguradas.

    Há poucos dias, Dino teve que se defender de outra denúncia, a de que recebia salário da Universidade Federal do Maranhão mesmo sem dar aula. Uma nota oficial da própria universidade desmentiu a acusação. Os sucessivos ataques do clã Sarney levaram Dino a revidar. Em denúncias ao Ministério Público, acusa o secretário de Infraestrutura do Maranhão e pré-candidato ao governo, Luis Fernando Silva, de usar helicóptero oficial para reuniões partidárias. O PCdoB de Dino também questiona o que chama de “manipulação do orçamento” por parte da governadora Roseana Sarney. “A análise da lei orçamentária mostra que Roseana cortou verbas de saneamento, educação e segurança pública, enquanto triplicou o orçamento de Infraestrutura, pasta do pré-candidato deles”, afirma o deputado estadual Rubens Júnior (PCdoB).

    1.jpg

    O ex-presidente também entrou na briga. Nos artigos que publica aos domingos em seu jornal, Sarney encarna o papel de vítima e se diz perseguido por uma oposição movida por “ódio, inveja, ressentimento e ambição desmedida”. O grau de irritação do velho senador aumentou depois que o Palácio do Planalto se mobilizou em prol de Dino. Sarney ameaçou sabotar o palanque de Dilma em vários Estados e agora negocia uma solução para o imbróglio.

    Na quinta-feira, arquitetou-se em Brasília um plano para um acordo capaz de agradar às duas partes. O vice-governador de Estado, Washington Luiz de Oliveira, do PT, trocaria o governo por um assento vitalício no Tribunal de Contas. Assim, Roseana poderia se licenciar para concorrer ao Senado sem o risco de um petista assumir o governo e virar a máquina estadual contra o PMDB. O Palácio do Planalto apoiaria Roseana e tentaria interditar o palanque estadual para Eduardo Campos.

    O problema é que o PSB de Campos é aliado tradicional do PCdoB e Dino já se comprometeu com o socialista. “Podemos abrir o palanque para todos os aliados que tiverem candidatos à Presidência, inclusive o PT”, diz Dino. A batalha, como se vê, exige uma complexa engenharia política. A única certeza é que, pela primeira vez em muitos anos, os Sarney têm motivos reais para entrar em desespero.


    FORA NARNEY

    ResponderExcluir
  6. CUIDADO BRASIL COM A MARINA:

    Mídia rifa Campos; quem manda é Marina
    26 de outubro de 2013 | 07:09

    A elite paulista e sua mídia já rifou Eduardo Campos. A candidata do PSB é Marina Silva. Se ainda havia alguma esperança para Campos, ela morreu na última pesquisa do Ibope.

    ScreenHunter_2774 Oct. 26 06.50

    Com 21% das intenções de voto, contra apenas 10% de Campos, a nova companheira de Heráclito Fortes engoliu o ex-amigo de Ronaldo Caiado. É possível que ele já soubesse disso, e que tudo já tenha sido armado lá em cima, numa cobertura da avenida paulista.

    Mas como o poder é um vício que só se larga com tratamento de choque, a mídia decidiu dar umas pancadas eventuais em Campos apenas para deixar bem claro, para ele e seu partido, que a queridinha da Casa Grande, a intocável, é Marina Silva.

    Nada muito forte para não respingar nela, mas o suficiente para mostrar ao distinto público que a “vanguarda” é ela. Campos é mais um desses políticos da velha guarda que andam de “jatinho” com dinheiro do povo.

    Marina é mais chique, voa com dinheiro do Itaú.

    ResponderExcluir
  7. Será que o filho de Chico (Buarque) entendeu agora que não deveria confiar na direitona brasileira? A Casa Grande decidiu que a "rainha da floresta" será a candidata de oposição à Dilma. Rede é o nome de um novo cartão do Itaú. Rede é como a N\tura passa a chamar sua legião de revendedoras. Acorda, Brasil!

    ResponderExcluir
  8. A ROSEANA E A MARINA me dão calafrios, pois acho que é capaz de qualquer coisa para chegar onde deseja. A campanha de 2014, tendo marina como candidata só não vai, talvez, defender o uso da burca, mas descambar com certeza para um moralismo exacerbado, bem ao gosto de coxinhas e assemelhados. vade retro!

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: