Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

sexta-feira, 2 de agosto de 2013

"SARNEYSMO", UM MOVIMENTO POLÍTICO QUE DESTRUIU O MARANHÃO, MAS QUE NÃO FORMOU LÍDERES À ALTURA DE SEU FUNDADOR...

Octogenário, na U.T.I. de um hospital que em nada se parece com os hospitais públicos do Maranhão ou do Amapá, e com uma vida política de mais de meio século, sempre ao lado do poder, o presidente do senado não conseguiu, dentro da sua família, "criar" um sucessor à sua altura na política local e nacional.
Considerado um dos mestres da (má) política, o presidente do senado é grande articulador e seu poder na dentro das diversas esferas da política nacional é indiscutível, porém parece não ter conseguido transferir suas "habilidades" políticas por herança genética.
Seus filhos, mesmo tendo convivido com o poder desde que nasceram, parecem sempre precisar do apoio paterno nos momentos mais difíceis de suas carreiras políticas. Vale lembrar que em 2010 a sua presença em São Luis e o peso de seu "poder" e "influência" e terras maranhenses, podem ter sido decisivos para garantir a minúscula margem que garantiu à "sua menina" sair vitoriosa no pleito estadual em 1º turno.
Sua força é tamanha que conseguiu eleger-se senador pelo estado do Amapá, mesmo tendo sua vida política pelo Maranhão, também vale lembrar que tanto o Amapá quanto o Maranhão são "líderes" em rankings de indicadores negativos de desenvolvimento humano, figurando entre os estados mais miseráveis do Brasil. Seria mera coincidencia???

2 comentários:

  1. REALMENTE É VERDADE, O EX PREFEITO MADEIRA DIZ , SEGUNDO SEUS PELA SACOS , QUE É UM "LÍDER."

    ELE AQUI , CADA VEZ MAIS QUEIMADO ENQUANTO EM SÃO PAULO SEUS AMIGOS ESTÃO SE FERRANDO POR AQUELES QUE QUERIAM ELEGELOS OU SEJA O PIG MAS COMO AGLOBO VIU QUE NÃO DEU EM NADA E QUE DILMA AINDA É A FAVORITA PARA REELEIÇÃO ISSO SE O LULA NÃO FOR CANDIDATO, E AGLOBO COM O RABO PRESO COM O LEÃO.

    Estadão também se rende e noticia o "propinão" tucano no metrô de SP
    O escândalo do "propinão" pago a tucanos paulista, nos governos Alckmin e Serra, por multinacionais para superfaturar licitações do metrô virou destaque no jornal Estadão:

    Documentos citam propina no Metrô e na CPTM

    Pagamentos seriam feitos por meio de três empresas com sede no Uruguai; elas seriam usadas pela Siemens AG e pela Alstom

    O Ministério Público Estadual de São Paulo tem em mãos papéis que indicam o suposto pagamento de propina a diretores da Companhia do Metropolitano de São Paulo (Metrô) e da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM). Eles seriam feitos por empresas offshore no Uruguai: Leraway, Gantown e MCA. As três seriam usadas pela Siemens AG e pela Alstom, a fim de obter contratos com o governo de São Paulo.

    Um dos diretores da Alstom da área de transportes e seus colegas da Siemens teriam participado das tratativas. As empresas informaram que estão colaborando com as autoridades – a Siemens informou ainda que aperfeiçoou as práticas administrativas desde 2007.

    As comissões pagas aos agentes públicos chegariam a 8% dos valores do contrato da linha 5-Lilás do Metrô. Há relatos ainda de supostos pagamentos nos contratos de reforma de trens da CPTM que teriam contado com a participação de uma outra suposta participante do cartel do setor denunciado pela Siemens ao Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) do Ministério da Justiça.
    Continue Lendo aqui »



    ResponderExcluir
  2. QUEM TEM O RABO PRESO, NÃO PASSA PERTO DE FOGO.

    GLOBO KKKKKKKKKKKKKKK, SE FERROU.

    Globo joga a toalha: exibe "propinão" tucano no metrô de SP durante governos Alckmin e Serra

    Demorou, mas sob forte crise de credibilidade nas ruas e até entre telespectadores reacionários diante do próprio escândalo de sonegação do imposto de renda pela TV Globo, o Jornal Nacional tirou a blindagem ao governador Geraldo Alckmin (PSDB-MG), pelo menos uma vez, na sexta-feira (2), e noticiou o escândalo da corrupção tucana no Metrô de São Paulo, delatada pela empresa Siemens.

    O telejornal só escondeu o valor estimando em R$ 425 milhões até agora do rombo nos cofres públicos, através do superfaturamento em licitações combinadas, e com pagamento de propinas à tucanos paulistas.

    Na mesma sexta-feira, cedo, o jornal Folha de São Paulo também havia jogado a toalha e noticiado:


    O jornal popular Agora São Paulo, também do grupo Folha, também noticiou na primeira página (menor).

    LEIA MAIS e assista o video no blog os amigos do presidente lula

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: