Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quarta-feira, 3 de julho de 2013

ROSÂNGELA CURADO SE RECUSA A RECEBER "BOLSA-ELEIÇÃO" E EVIDENCIA QUE CONSELHO É TENTATIVA DE COOPTAÇÃO...

A "BOLSA-ELEIÇÃO" é mais uma imoralidade instituída pela governadora do estado mais pobre da federação. Não pensem aqueles que não tiverem a dignidade de Rosângela Curado em se recusar a compactuar com mais esse ato de extremo desrespeito à população do estado, que suas ações não estão sendo acompanhadas pelo eleitorado, as coisas estão mudando, e a indignação do povo se refletirá nas ruas e nas urnas (Blog do Marcelo Lira)...
DO BLOG MARRAPÁ: Fora toda a imoralidade do “Conselhão da Corrupção” por dar para candidatos derrotados nas eleições uma sinecura de quase R$ 6 mil por mês para participar de uma única reunião, o governo do estado sai nomeando até quem recusa o convite para fazer parte dos conselheiros de Roseana.
A segunda colocada nas eleições para prefeito de Imperatriz, Rosângela Curado, denunciou que foi nomeada pro Conselhão mesmo após ter se recusado a receber a regalia promovida com dinheiro público. Em resposta às informações dadas em primeira mão pelo Marrapá, Rosângela enviou cópia de documento enviado para João Abreu, chefe da Casa Civil de Roseana.
Em carta enviada ao governo pedindo que seu nome fosse retirado do Conselhão, Rosângela diz que foi surpreendida com a nomeação, já que recebeu o convite e o rejeitou na mesma hora. Segundo a carta protocolada na sede do governo do estado na tarde desta terça, Rosângela tomou conhecimento da nomeação “estranhamente por terceiros” e ressaltou que prova cabal disso é que nem sequer compareceu à posse. Ou seja, foi nomeada e sequer foi avisada da sinecura.
E os problemas não param por aí: como não concedeu ao governo do estado nenhum de seus documentos para dar andamento à nomeação, a Casa Civil usa o nome de solteira de Rosângela – que mudou de sobrenome após o casamento.
O que é de se estranhar é que essa nomeação aparece justamente quando começaram a circular notícias da aproximação de Rosângela com a oposição. Parece mais uma prova de tentativa de cooptação de lideranças. A prova de que esse é o principal objetivo do “bolsa-eleição”.
Veja a carta em que Rosângela solicita o desligamento do Conselhão da Corrupção:

4 comentários:

  1. É DE POLÍTICOS COMO ROSÂNGELA CURADO QUE IMPERATRIZ E O MARANHÃO TEM CARÊNCIA. MULHER INTEGRA E QUE NÃO SE CORROMPE. ATITUDE ADMIRÁVEL ESSA.

    ResponderExcluir
  2. E por isso que eu votei e vou continuar votando nela.

    ResponderExcluir
  3. E O JUIZ GOLPISTA JOAQUIM BARBOSA APRONTA MAIS UMA .



    Blog da Helena — Rede Brasil Atual
    -

    sexta-feira, 5 de julho de 2013
    Produção do Caldeirão do Huck da Globo contrata filho de Barbosa

    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, usou dinheiro publico para pagar o voo até ao Rio de Janeiro para assistir o jogo Brasil e Inglaterra no estádio do Maracanã. Detalhe; Barbosa que tem residência na cidade, acompanhou o jogo ao lado do filho Felipe no camarote do casal dos apresentadores tucanos da TV Globo Luciano Huck e Angélica. Joaquim Barbosa esteve tratando d e contrato de trabalho para seu filho?

    Na coluna, "Outro Canal", da Folha, a notinha publicada nessa sexta feira (05), informa que: "Felipe Barbosa, filho do presidente do Supremo Tribunal Federal, Joaquim Barbosa, é o novo contratado da Globo.Formado em comunicação social, Felipe entrou para a equipe de produção do "Caldeirão do Huck".Procurada pela coluna, a Globo e fontes na produção da atração negaram a contratação de Felipe. Disseram que ele foi apenas fazer uma visita ao Projac, no Rio.Mais tarde, a emissora confirmou a contratação." Para quem não sabe, Luciano Huck é o melhor amigo do senador Aécio Neves. É comum ver o senador na casa do global em Angra dos Reis

    ResponderExcluir
  4. O MJUIZ GOLPISTA E PARCEIRO(GOOLPISTA) DA REDE GLOBO

    quinta-feira, 4 de julho de 2013
    Joaquim Barbosa voa para ver jogo com dinheiro público


    O presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), Joaquim Barbosa, usou recursos da Corte para se deslocar ao Rio de Janeiro no final de semana de 2 de junho, quando assistiu ao jogo Brasil e Inglaterra no estádio do Maracanã. O STF diz que a viagem foi paga com a cota que os ministros têm direito, mas não divulgou o valor pago nem qualquer regulamento sobre o uso da cota.

    O tribunal confirmou à reportagem do jornal Estado que não havia na agenda do presidente nenhum compromisso oficial no Rio de Janeiro durante o final de semana do jogo no Maracanã. Barbosa tem residência na cidade e acompanhou o jogo ao lado do filho Felipe no camarote do casal de apresentadores da TV Globo Luciano Huck e Angélica. Segundo a Corte, porém, apenas o ministro viajou de Brasília com as despesas pagas pelo STF. Os voos de ida e de volta foram feitos em aviões de carreira.

    Reportagem do jornal O Estado de S. Paulo de maio deste ano mostrou que ministros têm usado recursos da Corte para viagens durante o recesso forense, quando estão de férias, e para levar as mulheres em diversos voos internacionais. O total gasto em passagens para ministros do STF e suas mulheres entre 2009 e 2012 foi de R$ 2,2 milhões. Neste período, Barbosa utilizou recursos da Corte para passagens enquanto estava de licença médica e não participava dos trabalhos em Brasília. Os dados oficiais foram retirados do portal da transparência do Supremo após a reportagem por supostas "inconsistências".

    O Supremo diz que os ministros dispõem de uma cota para voos nacionais tendo como base uma decisão tomada em um processo administrativo durante a gestão de Nelson Jobim na presidência da Corte. Segundo o STF, a cota equivale a um deslocamento mensal para o estado de origem com base na tarifa mais alta para voos entre Brasília e Sergipe, devido ao fato de o ministro já aposentado Carlos Ayres Britto ser o integrante da corte naquele momento que morava na unidade da federação mais distante.

    De acordo com o tribunal, a cota é anual e não é submetida a controle. As passagens podem ser usadas a qualquer momento, inclusive no recesso parlamentar, durante licenças, ou para viagens motivadas por interesses pessoais dos ministros.

    À exceção do recém-empossado Luís Roberto Barroso, e de Celso de Mello, Marco Aurélio Mello e Teori Zavascki, os outros sete integrantes da atual configuração do tribunal usaram passagens áreas pagas pelo Supremo durante os recessos de julho e janeiro entre 2009 e 2012 segundo os dados que estavam no portal do próprio STF. - As informações são do jornal O Estado de São Paulo

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: