Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quarta-feira, 10 de julho de 2013

QUEM VAI EXPLICAR O QUE NINGUÉM CONSEGUE ENTENDER???


Não conhecia o Iron Vasconcelos...
Por isso, desde cedo espero e busco nas redes sociais, blogs e na mídia tradicional algo que pudesse levar alguém a cometer uma barbaridade como essa...
Sempre há alguém que vai falar mal ou ir na contra-mão do hábito de sempre elogiar quem acaba de morrer, mas no caso do jovem Iron isso não aconteceu, todos o elogiam, citam sua alegria, seu amor à vida.
Por que alguém mataria uma pessoa que só trouxe alegria àqueles com quem conviveu?
Será que Imperatriz vai voltar a ser a "terra da pistolagem"?
Será que as mesmas pessoas que se indignaram quando o jornalista Roberto Cabrini chamou nossa cidade de terra de pistoleiros vão mobilizar-se para tentar por um fim nessa onda de violência que vem acontecendo nos últimos dias?
Pois quando o referido jornalista de renome nacional referiu-se a Imperatriz dessa forma a OAB, muitos jornalistas e políticos mostraram-se indignados, mas de lá para cá pouco os vi fazer algo para não fazer com que a cidade receba tal alcunha...
Fico a pensar, será que o jovem Iron foi vítima de um "engano" ou como disse Shakespeare: "há mais mistérios entre o céu e a terra do que imagina a nossa vã filosofia"?
Hoje pela manhã ouvi uma pessoa falar, "mataram o 'palhaço'", não havia tom pejorativo no comentário, pelo contrário, havia seriedade e pesar, mas pensei, não, mataram um filho, um pai, um irmão, um marido, um professor, um amigo, um homem... 

5 comentários:

  1. POR ISSO É QUE TEMOS QUE IRMOS PARA AS RUAS.

    Yacov

    PARABÉNS PRESIDENTA DILMA POR PERMITIR UMA REFORMA CONSTITUCIONAL.

    A oposição REAL, PSDB=DEM=PPS=PSD=PTB=PV, e a oposição disfarçada de base aliada NÂO QUEREM REFORMA POLÌTICA, pois eleição com CAIXA 2 é a sua galinha dos ovos de ouro. O povo que se lixe !! Mas, como não tem votos, já estão relinchando, digo, pedindo pinico, digo, o fim da REELEIÇÂO, pela qual pagaram uma fortuna no des-governo FHC, que àquela altura, ainda tinha algum cartaz junto à população.

    “O BRASIL PARA TODOS não passa na gLOBo – O que passa na gloBO é um braZil-Zil-Zil para TOLOS”

    ResponderExcluir
  2. já ouvi comentários que o professor foi assassinado por causa dele estar envolvido nas manifestações legais que fizeram contra a VBL, mas isso é apenas boatos.

    MAS EM UM GOVERNO EM QUE O PREFEITO É TRAIDOR DO POVO COM SECRETARIOS SENDO PRESOS, ESCANDA-LOS QUE SÓ É ABAFADO GRAÇAS A FAMÍLIA SARNEY.

    SÓ PODERIA SER DO PSDB, E PRA LASCAR :

    EXCLUSIVO: A EMPRESA QUE ESPIONAVA O BRASIL PRESTAVA CONSULTORIA AO GOVERNO DO PSDB
    O Congresso não pode tergiversar diante do incontornável:uma base de espionagem da CIA operou diuturnamente em território brasileiro, pelo menos até 2002. A sociedade tem direito de saber o que ela monitorou e com que objetivos. Há outras perguntas de vivo interesse do momento político nacional. O pool de espionagem apenas coletou dados no país ou se desdobrou em processar, manipular e distribuir informações, reais ou falsas, cuja divulgação obedecia a interesses que não os da soberania nacional? Fez o que fez de forma totalmente clandestina e ilegal? Ou teve o apoio interno de braços privados ou oficiais e mesmo de autoridades avulsas? Ainda opera? Quem, a não ser uma Comissão Parlamentar de Inquérito, teria acesso e autoridade para responder a essas indagações de evidente relevância nos dias que correm? Há, ainda, coincidências que gritam por elucidação. A empresa que coordenava o trabalho de grampos da CIA, a Booz-Allen, na qual trabalhava o agente Snowden, é uma das grandes corporações de consultoria mundial. No governo FHC, ela foi responsável por estudos estratégicos contratados pela esfera federal. Inclua-se aí desde o "Brasil em Ação" (primeiro governo FHC) até o "Avança
    Brasil" (segundo governo FHC) e outras, como as dos programas de privatização e de reestruturação do sistema financeiro nacional, com o descarnamento dos bancos públicos. Vale repetir: a mesma empresa guarda-chuva do sistema de espionagem que operou no Brasil até 2002, a Booz Allen, foi a mentora intelectual de uma série de estudos e pareceres, contratados pelo governo do PSDB, para abastecer uma política de alinhamento (‘carnal', diria Menen) do Brasil com a economia dos EUA. A turma da versátil Booz Allen trabalhava em segmentos estanques? Ou aqueles encarregados de assessorar o governo tucano também coletavam informes do interesse imperial no país? (Leia nesta pág)
    Carta Maior;4ª feira, 10/07/2013


    ResponderExcluir
  3. Para mim, isso é uma decorrência da ausência de compromisso do Estado com a segurança pública de Imperatriz. E tanto é assim, que o MP chegou ao ponto de ter que acionar o Estado para transferir delegados e agentes de São Luís para cá, inclusive ganhamos a ação, que encontra-se em grau de recurso.
    Mas podemos transformar esta tragédia, ocorrida no dia do meu aniversário, em um movimento social pela segurança pública eficiente em nossa Cidade.
    Forte abraço e parabéns pelo Blog

    ResponderExcluir
  4. O PARTIDO DO MADEIRA PSDB E COMPANHIA QUE SÃO CONTRA A EDUCAÇÃO E SAÚDE PARA O POVO, COMEMORAM

    Manobra atrasa votação dos royalties

    Leandro Kleber

    Publicação: 11/07/2013 06:00 Atualização: 11/07/2013 06:52

    A Câmara não concluiu nessa quarta-feira, mais uma vez, a votação da proposta que estabelece o destino dos recursos dos royalties do petróleo. Depois de muita discussão e até comemoração por parte de partidos da oposição e alguns aliados que chegaram a derrubar o texto do Senado – defendido pelo governo e pelo PT –, quatro destaques entraram na pauta no fim da noite. Com isso, três dos principais artigos do texto apreciado pelos senadores terão de ser votados separadamente pelos deputados. Como hoje a presença dos parlamentares estará baixa na Casa, principalmente devido às convocações de greve geral no serviço público (leia mais na página 11), a votação da matéria deverá ocorrer apenas na próxima semana, ou mesmo depois do recesso, em agosto. A protelação da apreciação do projeto ajudou a limpar a derrota iminente do governo no plenário ontem.

    Por enquanto, os deputados rejeitaram as mudanças feitas pelos senadores, com uma exceção: o plenário manteve apenas o dispositivo do texto do Senado que permite a estados e municípios aplicarem em educação somente as receitas obtidas com os contratos celebrados a partir de 3 de dezembro de 2012. O substitutivo da Câmara, do deputado André Figueiredo (PDT-CE), determinava que a aplicação em educação fosse feita com as receitas conseguidas com os poços cuja comercialidade foi declarada a partir dessa data.


    Pela matéria, que segue a sanção presidencial depois que passar no Congresso, 75% dos recursos dos royalties serão destinados à educação e 25% deverão ser aplicados em saúde. O Palácio do Planalto desejava originalmente que 100% da verba fosse investida no ensino.


    A votação entrou noite adentro porque o líder do PMDB, Eduardo Cunha (RJ), queria que os deputados apreciassem a matéria vinda do Senado artigo por artigo, pois tinha interesse em alterar, por exemplo, o item que obrigava que 60% da produção de óleo do país dos poços a serem licitados tivesse como destino certo os cofres da União. O requerimento foi derrubado depois de muita discussão pela maioria do plenário, sob os gritos de “futuro da nação, saúde e educação”. Porém, mais quatro destaques ficaram para votação: três do PMDB e um do PT.

    FORA PSDB

    ResponderExcluir
  5. Tudo é culpa do PSDB, e quem governa esse país é o PT.

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: