Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

sábado, 26 de janeiro de 2013

"FATOS" SOBRE A SAÚDE PÚBLICA DE IMPERATRIZ E O HOSPITAL MUNICIPAL (SOCORRÃO)...

FATO 1 - Imperatriz é cidade referência em diversos aspectos na região Tocantina, inclusive no que se refere a tratamentos de saúde, cidadãos de diversas cidades do sul do Maranhão, sudeste do Pará e norte do Tocantis, vem até a cidade em busca de tratamento médico nas mais diversas especialidades, tanto na saúde pública quanto na privada...

FATO 2 - A rede pública de Imperatriz, municipal e estadual, sofre com a demanda excessiva de pessoas de outras cidades e outros estados...

FATO 3 - Gestores da saúde de diversos municípios circunvizinhos, por falta de comprometimento ou ml intencionados, não estruturam suas unidades de saúde para realizar atendimentos básicos nos postos de saúde, fazendo com que seus munícipes percorram quilômetros até chegar em Imperatriz para realizar procedimentos simples...

FATO 4 - Imperatriz não tem um hospital com sede própria, o HMI há anos funciona em um prédio alugado por uma pequena fortuna mensal, em um negócio em que os únicos beneficiados são os proprietários do imóvel...

FATO 5 - Sendo o imóvel onde funciona o HMI, propriedade privada, não pode receber obras de ampliação oriundas de verbas e programas Federais através do Ministério da Saúde ou do SUS...

FATO 6 - Imperatriz, muito provavelmente, não deixará de ser centro de referência para toda essa região, portanto não adianta ficar reclamando que vem muita gente de fora fazer tratamento de saúde na cidade, a tendência é que esses números só aumentem...


CONCLUSÃO

Imperatriz é um centro de referência regional, e com o crescimento financiado principalmente pela iniciativa privada, tende a se fortalecer e se consolidar como "capital" informal de toda essa macro-região tocantina, e mais e mais pessoas chegarão aqui em busca de trabalho, saúde, educação e diversão.
O maior entrave na saúde pública de Imperatriz, principalmente quando se fala do HMI, não é a demanda intermunicipal, que tende a aumentar, é o fato dele não poder receber verbas de ampliação, por não ser de propriedade do município.
Se todas as vezes que os problemas do HMI forem debatidos o foco ficar direcionado para o atendimento direcionado aos doentes de fora da cidade, esse problema nunca será resolvido de verdade, e as soluções não passarão de amenização das consequências sem tratamento das causas e dessa forma tudo ficará mantido com o está...
Como a maioria dos gestores da saúde da cidade, inclusive o prefeito, são médicos, sabem melhor do que eu que tratar o sintoma sem tratar a origem do problema, não resolve o problema!!!
Tem que haver o compromisso com a solução definitiva, a construção de um grande Hospital de Referência Regional com apoio estadual e federal!!!
Ficar repetindo a mesma história que todos vem repetindo há anos é "tampar o sol com a perneira" ou achar que todos são ingênuos o suficiente para acreditar em tudo que se fala...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: