Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

domingo, 13 de janeiro de 2013

"CONSTRUÇÃO DA SUZANO E AUMENTO DA VIOLÊNCIA EM IMPERATRIZ": CAUSA E EFEITO OU APENAS MERA COINCIDÊNCIA???

Paralelamente ao andamento da obra de construção da fábrica da SUZANO a população de Imperatriz vem sofrendo um notório aumento na quantidade de crimes violentos como poucas vezes foi visto na cidade, homicídios e latrocínios são diariamente divulgados pela imprensa especializada.
Será que há ligação entre esses dois fenômenos da atual realidade da cidade???
Algo que não pode ser contestado é o fato da cidade estar cheia de operários de fora da cidade, muitos até de outros estados, que se auto-denominam funcionários da SUZANO, mas que na sua grande maioria são contratados de empreiteiras envolvidas na construção da fábrica.
Outra característica desses operários é que a grande maioria é do sexo masculino, o que fez aumentar, e muito, mesmo que temporariamente a quantidade de homens na cidade.
Esse aumento da população masculina me faz lembrar um fenômeno parecido acontecido na cidade de Estreito-MA quando no início da construção da barragem. Na época eu estava coordenando umas pesquisas de mercado em diversas cidades da região, e uma das principais reclamações dos entrevistados foi o aumento da violência e da baderna causada pelos operários trazidos para a obra, que também fizeram aumentar a prostituição na cidade.
Outro aspecto negativo que pode ser atribuído a esse tipo de obra é a especulação imobiliária, fenômeno esse que gera dificuldades em quem quer comprar ou alugar um imóvel na cidade.
Tenho plena convicção que a maioria das pessoas que chegaram para trabalhar na construção da fábrica, não tem outro interesse além de conseguir o seu sustento, porém quando uma cidade se torna foco de migração, atrai pessoas de todo o tipo de caráter e caba às autoridades da segurança reavaliarem suas estratégias e se adequarem ao momento crítico de insegurança e de pouca valorização da vida humana que a cidade está vivendo...

2 comentários:

  1. Numa sociedade capitalista onde o individuo não passa de uma mercadoria, que é comprado conforme seu valor de uso, qualquer empreendimento terá os mesmos efeitos como os causados pela construção da UHE e SUZANO citado. Mas há muitas outras variáveis para justificar o que você pontuou que diz respeito à administração pública ao incentivar meramente com isenções fiscais e tributárias esses investimento e abandonar as ações de mitigação causadas pelo aumento populacional como: aumento de vagas em escolas, ampliação de atendimento de saúde, infraestrutura de ruas e logradouros públicos para a convivência social (praças, áreas de lazer etc). Com toda certeza muito mais que trabalhadores são atraídos pela promessa do “eldorado” e circulação de dinheiro, quando essa realidade não é pra todos os efeitos são consequentimente a elevação da violência.

    ResponderExcluir
  2. O problema é que as autoridades policiais agem como se estivéssemos vivendo na mais perfeita paz, não tem mais ronda noturna da cidade pela polícia e nós ficamos à mercê dessa violência toda, eu tive o meu carro roubado da porta da minha casa e queimado nas proximidade tem as imagens dos bandidos empurrando o carro para queimar e a polícia sequer foi verificar pra identificar os assaltantes.

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: