Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

PALHAÇADA, "PARA OS AMIGOS OS FAVORES DA LEI E PARA OS INIMIGOS OS RIGORES DA LEI': OPERAÇÃO TOLERÂNCIA ZERO CONTRA TRANSPORTE CLANDESTINO...

Em uma cidade com sérias dificuldades no que tange o transporte coletivo, nada mais natural do que a busca por minimização dos sofrimentos por parte daqueles que dependem e são humilhados pela empresa que explora o transporte público e pelos órgãos que deveriam  zelar pelo bem-estar desses cidadãos (leia-se: Prefeitura e suas secretarias destinadas a cuidar do trânsito e da infraestrutura de transporte).
À esquerda: um ônibus da VBL, com que a Prefeitura tem TOLERÂNCIA 1000 que faz linha para a zona rural de Imperatriz, usuários dessa linha são os que mais reclamam dos péssimos serviços da empresa. À direita: operação denominada TOLERÂNCIA ZERO em que trabalhadores são tratados como bandidos...
Não há o que discutir sobre a irregularidade do transporte em Vans ou Táxi-lotação, porém a prefeitura tem  o poder e a opção de legalizar essas duas alternativas para amenizar o sofrimento dos cidadãos que deles dependem. Além do mais o transporte alternativo através de vans é regulamentado em diversas cidades do Brasil, posso inclusive citar o caso de Fortaleza-CE, onde os trabalhadores conseguiram esse direito e em muito beneficiam a população.
Do outro lado da moeda temos o chamado "transporte coletivo legalizado" explorado por uma empresa que despreza e humilha o cliente que o sustenta, prestando um serviço de péssima qualidade com ônibus em mal estado de conservação, funcionários desmotivados insatisfeitos e passageiros mais insatisfeitos ainda.
No centro disso tudo temos a Prefeituras e suas Secretarias (in)Competentes que tratam os trabalhadores do transporte alternativo como bandidos e a empresa que desrespeita a lei com paciência e, por que não dizer, conivência. Essa história de que pouco pode ser feito em função do certame ter sido realizado ainda na Gestão Ildon Marque não passa de balela para enganar o povo que costumeiramente tem sua inteligência menosprezada por políticos da estirpe dos que estão no poder em Imperatriz. Desse assunto posso falar pois tenho formação em licitações e pregão e posso dizer com certeza e por experiência própria que a Lei 8.666/93 , popularmente conhecida como "lei de Licitações, e suas leis complementares, tem ferramentas legais suficientes para cancelar o contrato de exploração de serviço desta empresa VBL que é tão prestigiada pela Prefeitura, e essas medidas poderiam ter sido tomadas há muito tempo, pois as reclamações são oriundas de longa data...
No mais toda essa encenação através de advertências para a VBL não passa de satisfação à sociedade cansada com o descaso da empresa e do poder público, que logo será esquecida e dará espaço ao retorno da rotina de maus serviços da empresa, insatisfação dos usuários e descaso da Prefeitura...
Queria ver a Prefeitura e a Secretaria de Trânsito tratar com o mesmo rigor os caminhões e carretas que atrapalham os trânsito carregando e descarregando de forma irregular no setor Mercadinho e nos supermercados do MATEUS. Duvido se eles iam ter coragem de ser rigorosos no cumprimento da lei contra quem financia a maior parte dos responsáveis pelo caos que o trânsito de Imperatriz se tornou....

quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

DETRAN-MA, SEFAZ-MA E AL-MA ABRIRÃO CONCURSO PÚBLICO EM 2012...


- SEFAZ-MA MARANHÃO: FGV VAI ORGANIZAR 


CONCURSO PARA AUDITOR FISCAL

A Secretaria de Fazenda do Maranhão já escolheu a organizadora do concurso que vai preencher 60 vagas no cargo de auditor fiscal. A publicação do edital está prevista para fevereiro. Para participar do concurso é necessário nível superior completo em qualquer área.

FONTE: Folha Dirigida (30/01/13)



- JUSTIÇA DETERMINA QUE DETRAN-MA REALIZE

 CONCURSO EM SEIS MESES


O juiz da Segunda Vara do Trabalho de São Luis, Fernando Barboza, determinou que o Detran-MA e o Estado do Maranhão se abstenham de contratar servidor para prestação de serviço ao órgão sem prévia aprovação em concurso público. Além disso, condenou o órgão e o Estado a efetuarem a extinção dos contratos firmados diretamente ou por intermédio das empresas que já executam as atividades.
A decisão foi anunciada após a Justiça do Trabalho julgar procedente a Ação Civil Pública ajuizada pelo Ministério Público do Trabalho no Maranhão (MPT-MA) contra o Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MA) e o Estado do Maranhão pela prática de contratação irregular de empregados sem prévia aprovação em concurso público. 
O Detran e o Estado têm o prazo improrrogável de seis meses para o cumprimento das obrigações. Por sua vez, a autarquia terá 10 dias para apresentar ao MPT cronograma detalhado das medidas a serem adotadas.
Caso a decisão seja descumprida, o órgão terá que pagar multa diária de R$ 10 mil, por trabalhador irregular. Contudo, da decisão, ainda cabe recurso.
FONTE: G1 (29/01/13)

- ASSEMBLÉIA LEGISLATIVA DO MARANHÃO REALIZARÁ CONCURSO:


O Diário da Assembleia Legislativa do Maranhão publicou na segunda-feira, 28, atos que confirmam a realização de concurso público. O ato foi assinado por todos os deputados estaduais, onde aprova a conclusão dos trabalhos e a autoriza a realização do concurso.
Na mesma edição foi publicada a confirmação da contratação da fundação Getúlio Vargas para a realização do certame.
Serão oferecidas vagas de Consultor Legislativo Especial, Técnico de Gestão Administrativa, Assistente Legislativo Administrativo e Auxiliar Legislativo Operacional. "Ratifico a dispensa de licitação [...] e autorizo a contratação da Fundação Getúlio Vargas [...] para a prestação de serviços técnicos especializados para a organização e execução do Concurso Público para provimento dos cargos de Consultor Legislativo Especial, Técnico de Gestão Administrativa, Assistente Legislativo Administrativo e Auxiliar Legislativo Operacional", diz o texto, assinado pelo presidente da Assembleia, deputado estadual Arnaldo Melo (PMDB) e pela presidente da Comissão Permanente de Licitação (CPL), Gardênia Baluz Couto.
Os candidatos que pretendem concorrer já sabem quanto terão que pagar de inscrição: serão R$160,00 para Consultor Legislativo Especial; R$ 130,00 para Técnico de Gestão Administrativa; R$ 95,00 para Assistente Legislativo Administrativo e R$ 75,00 para Auxiliar Legislativo Operacional.
FONTE: iDifusora (30/01/13)

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

ATROPELAMENTO EM IMPERATRIZ-MA OU INCÊNDIO EM SANTA MARIA-RS, O "MODUS OPERANDI" PÓS TRAGÉDIA PARECE SER O MESMO...

Seja em Imperatriz-MA, em Santa Maria-RS ou em qualquer lugar no país o modus operandi pós tragédia parece ser sempre o mesmo.
Em Imperatriz-MA neste final de semana um "playboy" irresponsável, prepotente e criminoso reincidente quase tira a vida de quatro jovens, deixando uma gravemente ferida utilizando o "carrão importado" que o "papai" lhe deu, o mesmo "papai" que deveria dar o exemplo por ser pastor evangélico e deveria fazer com que o filho assumisse a responsabilidade pelos erros que comete.
Em Santa Maria-RS uma boite sem condições de funcionamento um incêndio vitimou mais de duas centenas de jovens que apenas buscavam diversão...
Embora o primeiro tenha repercutido apenas regionalmente e o segundo tenha repercutido nacionalmente, e divirjam também em tamanho e na quantidade de vítimas, muitas coisas eles tem em comum entre si e com diversas outras tragédias ocorridas no Brasil:

  1. Foram causadas por atos irresponsáveis praticados por indivíduos de alto poder aquisitivo que se acham acima da lei.
  2. Geraram comoção social proporcional ao resultados.
  3. Foram e são exaustivamente explorados pela mídia.
  4. Geraram grande sofrimento às famílias das vítimas.
  5. Provavelmente não terão seus responsáveis punidos.
  6. Não gerarão mudanças significativas nas legislações para que futuras tragédias semelhantes sejam evitadas.
  7. E no fim só quem perde é que foi vitimado pelos criminosos...

sábado, 26 de janeiro de 2013

"FATOS" SOBRE A SAÚDE PÚBLICA DE IMPERATRIZ E O HOSPITAL MUNICIPAL (SOCORRÃO)...

FATO 1 - Imperatriz é cidade referência em diversos aspectos na região Tocantina, inclusive no que se refere a tratamentos de saúde, cidadãos de diversas cidades do sul do Maranhão, sudeste do Pará e norte do Tocantis, vem até a cidade em busca de tratamento médico nas mais diversas especialidades, tanto na saúde pública quanto na privada...

FATO 2 - A rede pública de Imperatriz, municipal e estadual, sofre com a demanda excessiva de pessoas de outras cidades e outros estados...

FATO 3 - Gestores da saúde de diversos municípios circunvizinhos, por falta de comprometimento ou ml intencionados, não estruturam suas unidades de saúde para realizar atendimentos básicos nos postos de saúde, fazendo com que seus munícipes percorram quilômetros até chegar em Imperatriz para realizar procedimentos simples...

FATO 4 - Imperatriz não tem um hospital com sede própria, o HMI há anos funciona em um prédio alugado por uma pequena fortuna mensal, em um negócio em que os únicos beneficiados são os proprietários do imóvel...

FATO 5 - Sendo o imóvel onde funciona o HMI, propriedade privada, não pode receber obras de ampliação oriundas de verbas e programas Federais através do Ministério da Saúde ou do SUS...

FATO 6 - Imperatriz, muito provavelmente, não deixará de ser centro de referência para toda essa região, portanto não adianta ficar reclamando que vem muita gente de fora fazer tratamento de saúde na cidade, a tendência é que esses números só aumentem...


CONCLUSÃO

Imperatriz é um centro de referência regional, e com o crescimento financiado principalmente pela iniciativa privada, tende a se fortalecer e se consolidar como "capital" informal de toda essa macro-região tocantina, e mais e mais pessoas chegarão aqui em busca de trabalho, saúde, educação e diversão.
O maior entrave na saúde pública de Imperatriz, principalmente quando se fala do HMI, não é a demanda intermunicipal, que tende a aumentar, é o fato dele não poder receber verbas de ampliação, por não ser de propriedade do município.
Se todas as vezes que os problemas do HMI forem debatidos o foco ficar direcionado para o atendimento direcionado aos doentes de fora da cidade, esse problema nunca será resolvido de verdade, e as soluções não passarão de amenização das consequências sem tratamento das causas e dessa forma tudo ficará mantido com o está...
Como a maioria dos gestores da saúde da cidade, inclusive o prefeito, são médicos, sabem melhor do que eu que tratar o sintoma sem tratar a origem do problema, não resolve o problema!!!
Tem que haver o compromisso com a solução definitiva, a construção de um grande Hospital de Referência Regional com apoio estadual e federal!!!
Ficar repetindo a mesma história que todos vem repetindo há anos é "tampar o sol com a perneira" ou achar que todos são ingênuos o suficiente para acreditar em tudo que se fala...

quinta-feira, 24 de janeiro de 2013

EM IMPERATRIZ, QUEM ESPERA ÔNIBUS OU SE MOLHA NA CHUVA OU SOFRE COM INSOLAÇÃO...

Quem espera ônibus em Imperatriz, além de ser desrespeitado pelo excesso de demora e atrasos, tem que se esconder do forte sol e do calor tipicamente imperatrizense ou se estiver chovendo e não estiver trazido seu próprio guarda-chuva, ou corre em busca de proteção ou se molha...
Essa é a triste realidade dos usuários de transporte coletivo, demora e exposição ao sol ou a chuva...
Nos últimos anos nenhuma parada de ônibus foi feita em Imperatriz, uma demonstração clara de falta de respeito com quem não pode pagar para ter transporte de melhor qualidade, portanto é uma falta de respeito com as camadas mais humildes da população...
Sempre que os representantes dos órgãos (in)competentes são consultados a resposta é a mesma: "estamos com um projeto para solucionar tal problema", e enquanto isso o povo vai sofrendo, na chuva ou sob os 40º graus típicos das tardes de Imperatriz, mas como, muito provavelmente as pessoas que podem mudar essa situação andam de carro com ar-condicionado e sabem que, infelizmente, o povo tem memória curta e se deixa levar estratégias baratas e populares de marketing, nada é feito...

O RUIM DA REELEIÇÃO É QUE NÃO DÁ PRA COLOCAR A CULPA NO ANTECESSOR...

Prática comum nos políticos que ocupam cargos executivos, prefeitos, governadores e presidentes, é colocar a culpa nos seus antecessores e assim vão "empurrando com a barriga" problemas que eles classificam como "pré-existentes" sem solucioná-los e fazendo com que os transtornos à população perpetuem-se de forma irresponsável e mesquinha...
Mas o que dizer quando o antecessor e o atual são a mesma pessoa??? Aí a coisa complica, se o antecessor foi irresponsável ou incompetente, tais "adjetivos" atingem o atual por serem a mesma pessoa...
Uma coisa que vai marcar o segundo mandato do Prefeito Madeira é que cada vez menos ele vai poder colocar a culpa nos seus péssimos antecessores, que foram tão ruins que permitiram que ele, com um governo medíocre e oportunista que se beneficiou muito de investimentos da iniciativa privada, se auto-intitulasse o "melhor de todos os tempos"....
Já disse antes e repito: "MENOS RUIM NÃO É A MESMA COISA QUE MELHOR, POIS AINDA É RUIM..."!!!
Problemas antigos não solucionados, não resolvidos nos últimos 4 anos, estão se agravando, asfalto está se desmanchando na chuva, o trânsito está caótico, a cidade não tem prédio próprio para o seu hospital, a educação pública municipal continua terceirizada, e meritocracia e tecnocracia são expressões desconhecidas há muito tempo na gestão do município da segunda maior cidade mais importante do Maranhão...

quarta-feira, 23 de janeiro de 2013

OPERAÇÃO CONTRA RETIRADA IRREGULAR DE AREIA NO RIO TOCANTINS TEM QUE FOCAR EM QUEM REALMENTE SE BENEFICIA FINANCEIRAMENTE DO CRIME AMBIENTAL...

Ontem foi deflagrada uma operação em Imperatriz para combater a extração irregular de areia no Rio Tocantins, crime ambiental há muito tempo praticado e denunciado...
Algumas pessoas foram presas, indício nos levam a acreditar que entre os presos só estavam os operadores das máquinas de extração, popularmente conhecidas como "dragas"...
Estes cidadãos são apenas trabalhadores que buscam um meio de sustento, se tem participação no crime ambiental, sua culpabilidade é mínima, os donos do maquinário e os políticos que recebem propina para fazer "vista grossa" para esta operação irregular, que são quem realmente se beneficiam financeiramente dessa prática criminosa contra o meio-ambiente e contra a vida das pessoas, pois retiram areia perto das margens e criam buracos que geram afogamento de banhistas, é que devem ser presos...

terça-feira, 22 de janeiro de 2013

NEGLIGÊNCIA DO PODER PÚBLICO COM MEIO-AMBIENTE E PREPARAÇÃO PARA CHUVAS PODE GERAR MAIS TRAGÉDIAS EM IMPERATRIZ..

A cada chuva que caí em Imperatriz os problemas se repetem, asfalto se desmanchando, riachos transbordando, casas sendo invadidas pela água e pessoas em risco de morte...
E até agora pouca coisa, e por que não dizer, quase nada, foi feito, para reduzir o impacto das chuvas na cidade...
Inclusive muitos dos estragos provocados pela última grande chuva, que caiu em 07 dezembro do ano passado que chegou a provocar mortes, nem foram recuperados...
Os riachos continuam sujos e cheios de entulho, diversas casas foram em estão sendo construídas em áreas de risco  sem que haja intervenção da Prefeitura, o cenário está preparado para as próximas catástrofes anunciadas...
Vítima da chuva torrencial de 07/12/12, a cratera continua aberta até hoje...
Diversos pontos de alagamento passam por esse problema há anos, alguns por décadas sem que os gestores municipais se  prontifiquem a resolver o problema e os classificam como anteriores aos seus mandatos e os problemas vem se perpetuando...
Esquina das ruas Sousa Lima com Aquiles Lisboa no Centro da
cidade, há décadas o moradores sofrem com alagamentos...


sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

O SUPERINTENDENTE REGIONAL DO TRABALHO, JULIÃO AMIN PRECISA INTERVIR NA UNIDADE DE IMPERATRIZ, CIDADÃOS ESTÃO SENDO ENGANADOS, HUMILHADOS E TENDO SEUS DIREITOS DESRESPEITADOS...

Mais um escândalo na Delegacia regional do Trabalho de Imperatriz-MA, como se não bastasse a humilhação dos cidadãos que tem que passar a noite na calçada para "tentarem" ser atendidos, um telejornal da cidade divulgou nesta manhã uma reportagem em que os gestores confirmam o extravio de carimbos e tráfico de senhas falsas, que são vendidas a pessoas que querem ludibriar os cidadãos que perderam sua noite de sono para tentar dar entrada no pedido de seguro desemprego, fazer a CTPS ou requerer qualquer outro serviço na mesma.
As senhas falsas tem seus valores de venda determinados pela numeração, de modo que as primeiras são mais caras e mais disputadas...
O Superintendente Regional do Trabalho e Emprego no Estado do Maranhão, Julião Amin, precisa intervir urgentemente na unidade de Imperatriz para garantir que os cidadãos não sejam enganados e tenham seus direitos respeitados.
Sugiro que todos aqueles que repugnam esse tipo de irregularidade se manifestem contra esses absurdos, e uma das formas mais eficientes de romper distâncias e manifestar nossas idéias são as redes sociais, e o FACEBOOK é a maior e mais eficiente delas, o do Superintendente é: https://www.facebook.com/juliao.amin .
Quem se cala consente, não sejamos coniventes nem cúmplices desses casos repugnantes....
Cidadãos tendo que pernoitar em frete ao órgão do Ministérios do Trabalho
e Emprego em Imperatriz-Ma para tentar ter acesso a serviços que lhe são de
direito e ainda são encanados pelo comércio irregular de senhas falsas
(Foto: Antônio Pinheiro)...


segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

2013 - O ANO DOS CONCURSOS PÚBLICOS - DEVEM ENTRAR NA DISPUTA 120.000 VAGAS NAS ESFERAS FEDERAL, ESTADUAL E MUNICIPAL...


Estima-se que existam atualmente cerca de 12 milhões de brasileiros interessados em ingressar em carreiras públicas. O número recorde é o dobro do registrado há cinco anos, segundo estudo da Agência Nacional de Proteção e Apoio ao Concurso Público (Anpac). Para quem sonha com um colocação no setor, 2013 se apresenta como um ano pródigo em oportunidades. Mais de 120.000 vagas devem ser preenchidas neste ano nas esferas federal, estadual e municipal em todo o Brasil. Somente no Executivo federal, a expectativa é de 37.000 vagas, um incremento de 115% em relação a 2012, segundo dados do Ministério do Planejamento. Somem-se a isso postos no Legislativo e Judiciário e mais outros em estados e municípios e constrói-se a perspectiva de um ano de oportunidades de trabalho. Mas é preciso estar preparado, pois a concorrência é grande.
"Em 2010 e 2011, houve uma diminuição no ritmo de contratações, como fica claro no caso da União. Em 2012, houve a retomada dos grandes concursos, que oferecem milhares de vagas, e a expectativa para 2013 é a melhor possível", diz Ricardo Ferreira, especialista na área de concursos e autor de vários livros sobre o assunto. Outra boa notícia é a percepção dos especialistas de que o bom momento para os "concurseiros" não para por aqui. Os próximos anos também devem oferecer muitas oportunidades. As projeções apontam que há 2 milhões de vagas a serem preenchidas. "É uma demanda que não será atendida em apenas um ano. O que significa que este ano deve ser o primeiro de uma série cheia de processos seletivos", afirma Ernani Pimentel, especialista que se dedica há cinco décadas a concursos e ex-presidente da Anpac.
Esse cenário favorável é explicado em parte pelo fluxo de aposentadorias na área pública, que se intensificou nos últimos anos. Na esfera federal, por exemplo, mais de 10.000 servidores se aposentaram em 2010, o dobro do registrado cinco anos antes, segundo dados do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea). Há também indicadores do envelhecimento do pessoal. Entre 2000 e 2012, a parcela de funcionários com idade entre 51 e 60 anos cresceu 75%, ao mesmo tempo em que a taxa daqueles com mais de 60 anos aumentou 157%. Hoje, quatro em cada dez servidores tem mais de 50 anos. "Isso faz com que concursos que não eram realizados há muitos anos sejam retomados", diz Alexandre Gialluca, coordenador do curso preparatório LFG. Exemplo disso é o processo seletivo para o cargo de delegado da Polícia Federal, que não é realizado há oito anos e que deve ocorrer no primeiro semestre de 2013.
A análise da pirâmide etária dos servidores revela outro dado importante. Os novos servidores estão mais jovens. Ainda na esfera federal, o número de funcionários com menos de 30 anos de idade acresceu 113% nos últimos 12 anos. "Existe uma percepção muito clara de que os jovens estão mais interessados em trabalhar em algum posto  governamental", diz Bruna Tokunaga, gerente de orientação de carreira da Cia. de Talentos, consultoria especializada em recrutamento. "No último ano, segundo nossas pesquisas, o porcentual de interessados em concursos públicos dobrou entre os profissionais em início de carreira."
Pesa a favor da carreira pública, sem dúvida, o salário. Dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) mostram que o setor paga, em média, 93% mais do que a iniciativa privada. Em cargos que exigem nível superior, o salário inicial de um jovem recém-formado pode superar os 10.000 reais. "Nenhuma empresa paga tanto a uma pessoa com pouca ou nenhuma experiência profissional", diz Ricardo Ferreira. Mas não é só o contracheque que leva essa turma a empenhar meses ou até anos de estudos em preparação para as provas de concursos públicos em busca da tão sonhada vaga. "Existe nessa geração a redescoberta do bem público. Até alguns anos atrás, trabalhar para o governo era quase nocivo, coisa para burocratas sem aspirações profissionais. Foi preciso subverter essa lógica para atrair a mão de obra qualificada", diz Marco Antônio Carvalho Teixeira, vice-coordenador do curso de administração pública da Fundação Getúlio Vargas (FGV). 
De fato, até meados da década de 1990, era quase impossível para um servidor progredir na carreira, e os salários eram em média 30% menores do que os pagos pela iniciativa privada. Isso começou a mudar na administração Fernando Henrique Cardoso, que deu início a uma reforma na administração do estado – com ganhos para o próprio estado e para o cidadão. O primeiro passo foi a valorização salarial. Hoje, um delegado da Polícia Federal em início de carreira ganha 76% mais que há 12 anos. Já o incremento no rendimento de um técnico do Banco Central foi de nada menos do que 317%.

FONTE: VEJA.COM/CONCURSOS PÚBLICOS



domingo, 13 de janeiro de 2013

"CONSTRUÇÃO DA SUZANO E AUMENTO DA VIOLÊNCIA EM IMPERATRIZ": CAUSA E EFEITO OU APENAS MERA COINCIDÊNCIA???

Paralelamente ao andamento da obra de construção da fábrica da SUZANO a população de Imperatriz vem sofrendo um notório aumento na quantidade de crimes violentos como poucas vezes foi visto na cidade, homicídios e latrocínios são diariamente divulgados pela imprensa especializada.
Será que há ligação entre esses dois fenômenos da atual realidade da cidade???
Algo que não pode ser contestado é o fato da cidade estar cheia de operários de fora da cidade, muitos até de outros estados, que se auto-denominam funcionários da SUZANO, mas que na sua grande maioria são contratados de empreiteiras envolvidas na construção da fábrica.
Outra característica desses operários é que a grande maioria é do sexo masculino, o que fez aumentar, e muito, mesmo que temporariamente a quantidade de homens na cidade.
Esse aumento da população masculina me faz lembrar um fenômeno parecido acontecido na cidade de Estreito-MA quando no início da construção da barragem. Na época eu estava coordenando umas pesquisas de mercado em diversas cidades da região, e uma das principais reclamações dos entrevistados foi o aumento da violência e da baderna causada pelos operários trazidos para a obra, que também fizeram aumentar a prostituição na cidade.
Outro aspecto negativo que pode ser atribuído a esse tipo de obra é a especulação imobiliária, fenômeno esse que gera dificuldades em quem quer comprar ou alugar um imóvel na cidade.
Tenho plena convicção que a maioria das pessoas que chegaram para trabalhar na construção da fábrica, não tem outro interesse além de conseguir o seu sustento, porém quando uma cidade se torna foco de migração, atrai pessoas de todo o tipo de caráter e caba às autoridades da segurança reavaliarem suas estratégias e se adequarem ao momento crítico de insegurança e de pouca valorização da vida humana que a cidade está vivendo...

quarta-feira, 9 de janeiro de 2013

A FALÁCIA DA LEI DE RESPONSABILIDADE FISCAL E A CERTEZA DA IMPUNIDADE...

Neste início de mandato de novos Prefeitos em todo país e em especial no Maranhão, o que mais lemos é sobre rombos, inadimplência, irregularidade, salário de servidores municipais atrasados...
Ex-Prefeitos, ou melhor, BANDIDOS afanaram o dinheiro público das mais diversas formas e mais uma vez quem sofre é o munícipe, que por sua vez, tem sua parcela de culpa, pois em diversos casos reelegeu escroques cujo péssimo caráter e vocação para a rapinagem do dinheiro público já eram de conhecimento público há bem mais de quatro anos.
Diante dessa realidade vergonhosa poucas coisas podem ser tidas como certeza, como o fato de que se indivíduos como os ex-prefeitos dos municípios de Buritirana-MA e Gov. Edson Lobão-MA, só para citar os casos de maior notoriedade na região Tocantina, fossem pressos e tivessem seus bens de todos os seus laranjas confiscados e fossem obrigados a ressarcir o município por todo o prejuízo que deixaram, poucos teriam a coragem de repetir tais fatos nos próximos quatro anos...

terça-feira, 8 de janeiro de 2013

QUANDO GOVERNANTES INCOMPETENTES NEGLIGENCIAM OS PROBLEMAS DA CIDADE, O POVO USA A CRIATIVIDADE PARA SOLUCIONÁ-LOS...

Quando os governantes são incompetentes, a criatividade e sabedoria popular, aliadas à necessidade de solucionar os problemas que afligem a população e que ao mesmo tempo são ignorados por quem pode solucioná-los, agem.
Um exemplo disso pode ser visto por que acessa a Ponte Dom Afonso Felipe Gregory, sobre o Rio Tocantins, que liga os estados do Maranhão e do Tocantins, que está localizada na periferia da cidade, mas que (oficialmente) só tem acesso através da BR-010, obrigando os usuários, obrigatoriamente, a ter que quase sair da cidade para poder acessá-la. Diante desse absurdo a população residente nas áreas localizadas às margens da estrada de acesso a ponte estão improvisando acessos por conta própria para não terem que percorrer quilômetros extras para atravessar a ponte que se localiza a poucos metros de sua residência.
Desde o início de seu uso que muitos se questionam por que não foi feito um acesso à ponte pelo Centro da cidade, passando pelo Bairro Bacuri, como seria óbvio para qualquer pessoa que realmente conhece e entende as necessidades dos cidadãos dessa cidade e de todo a macro-região a que ela atende com produtos e serviços educacionais, saúde e entretenimento.
Vale ressaltar que, por enquanto, apenas pedestres, ciclistas e motociclistas conseguem usufruir dos acessos criados pela população e que todos são irregulares e portanto não tem sinalização ou proteção e colocam em risco a integridade física de todos os usuários da ponte...

sexta-feira, 4 de janeiro de 2013

PREFEITURA DE IMPERATRIZ E SECRETARIA DE TRÂNSITO, NÃO ADIANTA APENAS MUDAR OS SENTIDOS DAS RUAS, FAZ-SE NECESSÁRIO A CORREÇÃO DOS DANOS CAUSADOS PELA CHUVA NA RUA DOM PEDRO I...

Desde o seu início, o BLOG DO MARCELO LIRA citou várias vezes a necessidade de pavimentação da Rua Dom Pedro I e da sua utilização com via de acesso à região do conglomerado de bairros que compõem  o Bacuri, um das mais importantes macroregiões da periferia de Imperatriz, tanto por sua densidade populacional quanto por nele estarem instalados o polo produtor da indústria cerâmica e outras importantes empresas, além de faculdades e escolas.
Hoje pela manhã Imperatriz recebeu a notícia de que o óbvio seria, enfim, realizado. A referida rua seria transformada em via de mão-única juntamente com outra rua paralela.
A rua teve sua pavimentação iniciada em período eleitoral e teve sua finalização demorada e cheia de mistérios, levando aproximadamente 3 meses para pavimentação de alguns poucos quilômetros.
A mudança do sentido seria muito bem-vinda se não fosse o fato da rua, embora tenha sido pavimentada a menos de 1 mês, já estar apresentando graves problemas em função das chuvas que caem sobre a cidade ultimamente.
Com o aumento do fluxo de veículos a tendência é que os problemas aumentem e se tornem mais graves e possam colocar em risco a integridade física dos cidadãos que a utilizarem, além dos buracos a rua é cortada pelo poluído Riacho Capivara, onde não há ponte nem proteção para pedestres, apenas uma tubulação insuficiente para conter seu fluxo em dias de chuva, em um desses dias a força da água arrancou todo o asfalto recém colocado.

A isso acresce-se a presença de muito lixo fazendo com que seja necessária uma operação conjunta das Secretarias de Infraestrutura, Meio-Ambiente e Superintendência da Defesa Civil para sanar esses problemas e evitar tragédias no futuro...
Nas proximidades do local residem 3 vereadores, espero que, caso o executivo municipal mantenha sua postura omissa e irresponsável, que eles atuem da defesa dos direitos dos cidadãos imperatrizenses que utilizam esta importante via...
As fotos abaixo foram feitas pelo BLOG DO MARCELO LIRA na manhã do dia 04/01/13 e ilustram o que foi relatado nesse texto:

MUITO LIXO E AUSÊNCIA DE PROTEÇÃO PARA PEDESTRES NO TRECHO
DA RUA D. PEDRO I CORTADO PELO POLUÍDO RIACHO, NA PARTE INFERIOR
DA IMAGEM PERCEBE-SE O ASFALTO ARRANCADO PELA CHUVA...

EM OUTRO TRECHO PRÓXIMO AO RIACHO A CHUVA COMEÇA A FAZER
ESTRAGOS NO ASFALTO...

TRECHO DA RUA D. PEDRO I QUE PASSA SOBRE O RIACHO E QUE TEVE
O ASFALTO ARRANCADO...

LIXO, LAMA, MATO E ABANDONO ESTÃO PRESENTES NOS DOIS LADOS
DA RUA QUE RECEBERÁ TODO O FLUXO DE VEÍCULOS NO SENTIDO
CENTRO-BACURI...
 


quarta-feira, 2 de janeiro de 2013

"MADEIRA 2013", MAIS DO MESMO E SEU GRANDE TESTE DE POPULARIDADE...

O 2º Governo Madeira, pela forma que se inicia, muito provavelmente será uma cópia do anterior, como diz a sabedoria popular: "mudam-se as coleiras, mas permanecem os mesmos cachorros..."
Na gestão anterior, não foi construído o Hospital e Imperatriz continua sem hospital próprio tendo que pagar caro por um prédio, a educação pública permaneceu terceirizada e a única pessoa que teve coragem de mostrar a realidade, sofreu represália do secretário de educação e o caso teve repercussão nacional, a cidade foi invadida por máquinas no último ano de campanha para realização de asfaltamento de ruas com cunho eleitoreiro, isso entre outras coisas, basta dar uma lida no BLOG DO MARCELO LIRA, desde a seu início e todos saberão do que estou falando...
Muito Marketing e pouca ação, assim avalio o governo Madeira!!!
Com o início da corrida eleitoral pelo "Palácio dos Leões" a politicagem vai aumentar, gostaria de ver Madeira de mãos dadas com a Governadora e seu candidato para 2014, e ver como a população de Imperatriz veria tal situação, essa sim seria a "prova de fogo" para a popularidade do Prefeito, declarar seu "amor" pela família Sarney e assumi-se como "Neo-Sarneysta", família tradicionalmente considerada "persona non grata" na cidade...
Sem falar que o Prefeito está criando muita cobra para picá-lo no futuro, e o veneno pode atingir em cheio sua elegibilidade...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: