Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quinta-feira, 29 de novembro de 2012

ARTISTA IMPERATRIZENSE DENUNCIA PREFEITURA DE IMPERATRIZ POR LIBERAR EMPRESA POLUIDORA DO MEIO AMBIENTE ATRAVÉS DO USO DESCONTROLADO DE AMÔNIA...

Não é a primeira vez que a população de Imperatriz faz denúncias contra a liberação de licenças e alvarás feitos pelo Governo Madeira. Só para citar dois casos: o mais famoso e antigo (e eternamente sem solução) é a liberação para extração, armazenamento e transporte de areia dragada do rio Tocantins. Um caso sempre nebuloso. Hoje mesmo vi outro caso: a denúncia de que foi liberado alvará para uma obra de construção civil que está destruindo ruas no Parque Anhanguera. 

Agora a denúncia é contra a liberação para a construção e funcionamento de uma fábrica de gelo na região histórica da cidade. Moradores de décadas do local estão sendo intoxicados por amônia, que seria utilizada para a fabricação do gelo. A denúncia é feita pela cantora Lena Garcia, artista de renome no Maranhão e que reside com sua família há décadas na rua XV de Novembro. Lena Garcia disse no facebook que familiares seus já foram obrigados a ir ao pronto socorro intoxicados. Disse ainda que já foram feitas denúncias à secretaria de Meio Ambiente, mas que nada foi feito. Veja a abaixo a postagem da cantora:

“Minha familia vive há 4 gerações na mesma casa na rua 15 de Novembro. Infelizmente, há mais de 1 ano a Secretaria de “Meio Ambiente” de Imperatriz autorizou a construção e funcionamento de uma fábrica de gelo ao lado de nossa casa, de lá pra cá acabou nossa paz. Nossas alergias se agravaram, minhas irmãs já foram parar no pronto-socorro por causa da amônia, substancia usada na fabricação do gelo, é tóxica e é liberada com frequencia e sem controle. Já precisamos chamar o corpo de bombeiros em uma dessas vezes. A fábrica continua sendo construída, agora estão cavando uns poços, o barulho causado é infernal, tão infernal quanto o barulho permanente da gigantesca máquina que fabrica o gelo, máquinas que promovem tremores na nossa casa. Vivemos como em um terremoto eterno. Já houve algumas denúncias junto a Sec. de Meio Ambiente que de nada adiantaram, os fiscais veem e voltam sem que nada acontece com o dito cidadão proprietário da “grande inconveniência”, porque nesse pais é assim mesmo, se você tem “bala na agulha” nunca será atingido. Então, a solução é minha família procurar outro lugar pra viver em paz, né? Ê brasilzão!!!”

Fonte: Blogue do Marcos Franco apud Blog do Carlos Leen Santiago



NOTA DO BLOG DO MARCELO LIRA:  A razão de amônia ser considerada um produto químico perigoso é que ele é corrosivo para a pele, olhos e pulmões. Amônia tem um cheiro característico e irritante quando for lançado, assim que seu nariz é geralmente o primeiro aviso de exposição. Se você respirar de amônia em seus pulmões, você pode tosse, chiado, ou sentir falta de ar.(http://www.protecaorespiratoria.com/2011/10/amonia-seu-uso-pela-industria-e-seus.html).

2 comentários:

  1. Rapaz essa bagunça tá ocorrendo tem tempo, Veja Essa: na rua Campos Sales no bairro Vila Parati, próximo a AABB, um(a) morador(a) simplesmente construiu um lava-jato fechando a rua, e ainda passava um riacho no local, dai outro esperto aproveitou o desmando, a falta de fiscalização e está construindo um codomínio fechado, aproveitando o muro do lava-jato e a guarita já está em construção, e a fiscalização??????? CADÊ???????????????????

    ResponderExcluir
  2. E em pensar que 70.000 pessoas votaram nesse cara.

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: