Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

segunda-feira, 13 de agosto de 2012

PERIFERIA DE IMPERATRIZ ABANDONADA A PRÓPRIA SORTE, POEIRA, LAMA, ESGOTO A CÉU ABERTO E OS MALES GERADOS PELO DESCASO DO PODER PÚBLICO...

Quem mora na periferia de Imperatriz tem a real noção da abrangência das ações dos gestores públicos do município de Imperatriz e do estado do Maranhão, pois se hoje são "uma só carne, um só coração", nenhum dos dois nos últimos anos olhou para a periferia da cidade. O dinheiro que o estado mandou para financia uma das poucas coisas que o município fez, que foi asfaltar algumas ruas, não chegou à imensa maioria das ruas dos bairros periféricos da cidade.
Bairro Pq. Alvorada (Foto: Carlos Leen Santiago)
Nestes bairros, mais afastados, como foi dito antes, o asfalto não chegou, e o cotidiano da alternância entre lama e poeira é determinada pelas chuvas, sendo que não dá para definir qual das duas situações é a pior, pois ambas trazem transtornos e males à saúde dos moradores desses bairros que também não tem estabelecimentos de saúde pública próximos as suas casas para se tratarem, e levando em consideração que Imperatriz é muito mal servida de transporte coletivo, esses doentes tem que se deslocar precariamente ou gastar do seu apertado orçamento para se deslocarem até o único hospital do município que na verdade não é do município porque o prédio e muitos equipamentos que lá funcionam são alugados.
O atual Prefeito está no último semestre do seu mandato e fez o mesmo que o anterior e todos os outros demais, pelo bem-estar dos sofridos moradores da periferia da cidade, NADA.
Recentemente, com intenções eleitoreiras, em algumas ruas destes abandonados bairros periféricos, foram enviadas algumas máquinas para fazer raspagem e piçarramento, mas no período em que estamos não há chuva e venta um mais do que no restante do ano, e o resultado do que deveria ser uma ação para melhorar a imagem da atual gestão municipal, acabou como sendo estopim de um sentimento de antipatia, pois o resultado foi o aumento da poeira e consequentemente dos problemas de saúde que ela causa, inclusive porque todo o entulho gerado pela manobra eleitoreira ficou depositado nas sarjetas, calçadas e portas das casas...

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: