Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quinta-feira, 1 de março de 2012

RESPOSTA AO COMENTÁRIO DE ADALBERTO FRANKLIN (PT-MA) SOBRE O POST DA "INCOERÊNCIA", FEITO POR ESTE BLOGUEIRO QUE VOS ESCREVE...

Após a postagem anterior, em que me referi à incoerência em relação a recusa do pré-candidato do PT Sr. Adalberto Franklin em aceitar apoio de partidos da base de sustentação do governo Roseana Sarney, sendo que o mesmo é do PT, partido que tem o vice-governador do estado, o mesmo respondeu insinuando falta de conhecimento da minha parte, vejam:


Prezado Marcelo Lira. Ou você desconhece a realidade do PT maranhense, que, creio, todo pessoa bem informada é sabedora, ou se faz de desconhecedor (o que imagino ser a situação). Bastaria fazer a leitura dos jornais maranhenses para saber que o PT no Estado está dividido entre os que apoiam a coligação com a oligarquia e os que a rejeitam. Por isso o surgimento de um grupo interno denominado "Resistência Petista". Se você mora em Imperatriz há mais de dois anos, não será possível, em sã consciência, desconhecer que aqui, unanimemente, o PT apoiou abertamente a candidatura de Flávio Dino, em vez da de Roseana. Portanto, ou seu comentário é sem sentido ou sem conhecimento de causa.
Adalberto Franklin
Pré-candidato a prefeito de Imperatriz pelo PT

BLOG DO MARCELO LIRA RESPONDE:
Caro, Adalberto Franklin.
Por conhecer bem a história do PT, em nível municipal, estadual e federal é que escrevi é que tive bases para escrever o texto que você parece ter interpretado equivocadamente.
Ao contrário do que possa ter interpretado, meu texto exalta a postura de alguns PTista em se manterem fiéis à história do partido no estado. Todavia um grupo que se intitula honrosamente de "RESISTÊNCIA PETISTA" continua fazendo parte do PT, até no nome, e esse mesmo PT é um dos principais aliados da família Sarney em todo o território nacional.
Portanto, fazer parte do PT, independente de ser membro de qualquer subdivisão interna, é fazer parte de um partido que faz parte da base de apoio do governo Roseana Sarney, inclusive alguns ex-PTistas não admitiram essa situação e saíram do partido para se manterem fiéis aos seus princípios políticos.
Estar em um partido que faz parte de um governo e dizer que não aceita apoio de partidos da base de sustentação deste mesmo governo é uma incoerência é como se dissesse que não quer o apoio do próprio PT.
Desejo boa sorte a sua pré-candidatura no PT, o mesmo partido que pede apoio a José Sarney em nível federal e que apoia o governo Roseana em nível estadual.

Um comentário:

  1. O que mais precisa ser dito num caso desses? Apenas concordar com um sábio pensador que disse: "Contra a ignorância ou a má fé, não existe argumento".

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: