Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

domingo, 12 de junho de 2011

A FALTA DE EDUCAÇÃO DO POVO É PARCEIRA DO DESCASO DOS GESTORES PÚBLICOS COM AS DEMANDAS SOCIAIS...

SE um dia o des-Governo do Maranhão, inaugurar a VELHA RODOVIÁRIA NOVA, a sua futura administração vai ter muito trabalho pra evitar que ela se torne um lugar IMUNDO como a velha rodoviária, que tanto envergonha os cidadãos imperatrizenses.
O problema maior é a falta de educação dos próprios usuários. As fotos abaixo foram tiradas na noite dessa sexta-feira (10):

Logo acima é possível ver que combinando com o piso imundo que acredito não ser lavado há muito tempo, há também sobras de alimentos, embalagens e latas de bebidas deixadas pelos usuários de lixão, ops... terminal rodoviário. 
Aqui acima o símbolo maior da falta de educação, uma garrafa de água mineral é largada ao lado de uma LATA DE LIXO.
E pra quem ainda não teve o desprazer de conhecê-la, abaixo uma imagem da rodoviária que é a vergonha de Imperatriz:
Portanto é notório que além do descaso dos gestores públicos com as demandas da sociedade, temos também uma grave "colaboração" de uma parte da sociedade que não respeita as regras da boa convivência social de zelo pelo patrimônio público.
Abaixo, pra quem não conhece, a "Velha Rodoviária Nova" de Imperatriz que com quase duas décadas de vida, contando o início da construção, a paralisação das obras, o recomeço no governo Jackson Lago, até a presente data.
Um outro exemplo compatível com a temática vem da operação tapa-buracos realizada tardiamente pela Prefeitura de Imperatriz, muitos desses buracos retornarão não pela ação da natureza ou pelo tráfego intenso das ruas imperatrizenses, mas pela ação de "cidadãos" que quebram o asfalto para instalar redes clandestinas de esgoto na tubulação destinada a escoamento das águas pluviais, por diversas vezes vi indivíduos quebrando asfalto novo pra realizar esse tipo de ação ilegal e altamente prejudicial ao meio-ambiente.
Faz-se necessário uma maior participação do poder público para primeiro tentar educar e posteriormente fiscalizar e, se preciso for, punir aqueles que sujam ou destroem patrimônio público. E assim como eu citei o exemplo das rodoviárias de imperatriz e da operação tapa-buracos, diversos outros exemplos poder ser dados para demonstrar a harmonia entre a falta de educação do povo e o descaso dos gestores públicos com as demandas sociais, na composição do dueto da degradação do patrimônio público.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: