Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

sábado, 12 de março de 2011

IMPERATRIZ, CIDADE SEM GESTORES...

Imperatriz vive um momento crítico em relação à forma como está sendo administrada.
As ruas estão cheias de buracos, os condutores de veículos são obrigados a escolher os menores para cair, já que é impossível escapar deles.
O trânsito, já caótico, piora a cada dia com o aumento dos buracos e da quantidade de veículos, e a incompetente engenharia de tráfego do município (se é que existe) nada faz para, no mínimo, amenizar a situação. E como se já não fosse suficiente a inércia da secretaria responsável pelo trânsito, a mesma se supera a ponto de retroceder nas ações de organização e melhoria da trafegabilidade do município, pois chegaram ao absurdo de retirar um semáforo de um cruzamento próximo ao hospital municipal, área de grande atuação de veículos de toda a região. Nos bairros afastados do centro comercial ou nas áreas "nobres" da cidade a situação é ainda pior, ruas sem pavimentação, lama em excesso e falta de sinalização e de semáforos são características das ruas da periferia de de Imperatriz. No centro da cidade a falta de organização, proatividade ou a até mesmo de inteligência impede que seja instituído o sistema de estacionamento em diagonal nas ruas mais largas, que amenizaria o problema da falta de local pra estacionar, que fez com que o ato (mal-educado e egoísta) de estacionar em fila-dupla se tornasse algo comum no centro comercial. Na entrada da cidade onde geralmente colocam-se avisos de boas-vindas, dava pra colocar uma placa: "BEM-VINDO A IMPERATRIZ, CAPITAL NACIONAL DA FILA DUPLA!!!".
A Av. Beira-Rio, "cartão-postal" da cidade, encontra-se prestes a ser engolida por uma erosão que põe em risco esta área pública e a vida dos cidadãos que a utilizam como área de lazer.
E uma das situações mais ridículas e absurdas é a "Defesa Civil" passar a maior parte do tempo esperando a chuva chegar para, como em todos os anos, fazer o nível do Rio Tocantins subir e inundar as mesmas áreas que foram alagadas em anos anteriores para pegar todos os desabrigados e alojar precariamente em estábulos, como animais, no Parque de Exposições Agropecuárias da cidade, e achar que está fazendo um bom trabalho.
Sem falar na Saúde que rasteja puxada pelo Hospital Municipal que precariamente atende os seus usuários, e paga salário de nível superior para cargos que não exigem nem o nível fundamental.
A folha de pagamento inchada de contratados e a prefeitura não sinaliza a abertura de um concurso público como manda a lei, dá satisfações a respeito do concurso iniciado pela gestão anterior que foi cancelado pela atual gestão.
Essa é a minha visão da Gestão Municipal que MEU VOTO ajudou a eleger.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: