Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

quarta-feira, 3 de novembro de 2010

Pedofilia no HAMAS (Palestina)...

RECEBI ESSE E-MAIL E FIQUEI CHOCADO, ACHEI DEVERIA COMPARTILHAR COM A BLOGOSFERA.



CASAMENTO COLETIVO  DE  450 HOMENS COM MENININHAS   COM MAIS   DE 4 ANOS E MENOS DE 10 ANOS DE IDADE EM GAZA.



A História Oculta do Mundo: A Pedofilia do Hamas 

 Enquanto a imprensa exalta os "lutadores da  liberdade do Hamas", os 
 "rebeldes", o  mundo desconhece  uma das  histórias mais SÓRDIDAS 
 de abuso infantil, torturas e sodomização do  planeta, vinda  do  fundo 
 dos  esgotos  de  Gaza:   - Os  casamentos  pedófilos  do  Hamas,  que 
 envolvem até crianças de 4 anos.Tudo com a devida autorização da lei 
 do islamismo radical. 

 A denúncia é do Phd Paul L. Williams e está  publicada no blog thelastcrusade.org e é traduzida com exclusividade no Brasil pelo  De Olho  Na  Mídia... (ninguém  mais  na  imprensa  nacional  pareceu  se interessar pelo assunto).
Um evento de Gala ocorreu em Gaza.  O Hamas foi  o patrocinador de um  casamento  em  massa  para  450  casais.  A  maioria  dos  noivos estava  na  casa  dos  25  aos  30 anos;  a  maioria  das  noivas tinham menos de dez anos!
Grandes  dignitários  muçulmanos, incluindo Mahmud Zahar, um líder do Hamas  foram pessoalmente  cumprimentar  os casais que fizeram parte desta cerimônia tão cuidadosamente planejada.

O Centro Internacional Para Pesquisas Sobre Mulheres estima agora que existam 51 milhões de noivas infantis vivendo no planeta e quase todas em países muçulmanos.
 Quase 30% destas pequenas  noivas  apanham  regularmente  e  são molestadas por seus maridos no Egito; e mais de 26%  sofrem  abuso similar na Jordânia.
 Todo ano, três milhões de  garotas  muçulmanas  são  submetidas  a mutilações genitais, de acordo com a UNICEF.  A prática ainda não foi proibida em muitos lugares da América. 

A prática da pedofilia teria base e apoio do islã. O livro Sahih Bukhari em seu quinto capítulo traz que Aisha, uma das esposas de Maomé teria  seis anos quando se casou com ele e as primeiras relações íntimas ocorreram aos nove. O período de espera não teria sido por conta da pouca idade da menina, mas de uma doença que ela tinha  na  época.  Em  compensação, Maomé teria sido generoso com a menina: permitiu que ela levasse todos os seus brinquedos e bonecas para sua tenda... 




 Mais ainda: talvez o mais conhecido de todos os clérigos muçulmanos deste século, o Aiatóla Komeini, defendeu em discursos horripilantes a prática da pedofilia:




       “Um homem pode obter prazer sexual de uma criança tão jovem quanto um bebê. Entretanto, ele não pode penetrar; sodomizar a criança não tem problema. Se um homem penetrar e machucar  a criança, então ele será  responsável  pelo seu sustento o resto da vida. A garota entretanto,  não fica sendo contada entre suas quatro esposas permanentes. O homem não poderá também se casar com a irmã da garota... É  melhor para uma garota  casar neste período,  quando  ela vai começar a menstruar, para que isso ocorra na casa do seu marido e não  na casa do seu pai.  Todo  pai que casar  sua  filha  tão jovem terá assegurado  um lugar permanente no céu.”

 





7 comentários:

  1. Antes vim aqui deixar o meu sentimento de respeito e apreço por este blog.
    Quando á materia postada, postarei-me em silencio.Não o silencio da conveniência.Mas, o Silêncio do Repúdio
    Abraços

    ResponderExcluir
  2. NOSSA QUE POVO MALDITO, ELES QUE VÃO QUEIMA NO INFERNO
    AINDA DISSE QUE SÃO RELIGIOSOS

    ResponderExcluir
  3. Tudo que é crime no mundo civilizado, para esse povo é prática religiosa; no entanto a verdadeira prática religiosa conhecida por uma pessoa que tenha uma mente normal, não é e jamais será com prática de pedofilia ou qualquer tipo de violência contra qual que ser, e principalmente contra o ser humano, legitima defesa é uma exceção!. GOSTEI DA SUA ATITUDE,
    MARCELO LIRA!

    ResponderExcluir
  4. ISSO É NÃO TER VERGONHA NA CARA UM BANDO DE IDIOTAS Q VÃO PRO INFERNO !

    ResponderExcluir
  5. Infelizmente essa é a realidade, essas pessoas não tem Deus no coração... Essas pequenas crianças sim merecem o reino do céu!!!! Mas os autores dessa pedofilia e falta de respeito com seres inocentes são Verdadeiros Demônios!

    ResponderExcluir
  6. Se você fosse um homem inteligente e com o mínimo de cultura e esperteza, faria uma pesquisa antes de publicar uma mentira como esta. As noivinhas que aparecem nas fotos simplesmente carregam as alianças, são as damas-de-honra como aqui no Brasil. Leia:
    http://www.quatrocantos.com/LENDAS/402_noivas_hamas_pedofilia.htm

    http://polivocidade.blog.br/2011/04/25/jornal-de-manaus-reproduz-notcia-falsa-sobre-casamento-palestino/

    ResponderExcluir
  7. Sabe cultuta e cultura nao e certa e nem errada e nao merece mudar so por que nao praticamos, min diga dono deste blog, oque as mulheres do mundo todo acham das brasileiras que sao vagabundas por estarem no ranquem em primeiro lugar de transerem com estranhos sem compromisso, e um pais catolicista que engrandece a mulher ende se viu isso. o certo era nunca terem saido da cozinha, ja que 90 % das guerras do mundo foram causadas por elas ebel morto por cain, entao respeiro culturas diferentes da tua veja sao felizes assim entao por que nao aceita issso

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: