Blog do Marcelo Lira

Blog do Marcelo Lira
Apenas minha OPINIÃO, todos tem o DIREITO de discordar dela, mas todos tem o DEVER de respeitá-la...

sexta-feira, 29 de outubro de 2010

Reserva Cana-Brava em Barra do Corda, miséria, exploração infantil, criminalidade...







Todas as vezes que viajo pela BR-226, mais especificamente quando passo pela Reserva Indígena Cana-Brava, aproximadamente a 40 Km de Barra do Corda, fico chocado com o que vejo.
É uma grande área de terra que não é utilizada de forma produtiva, as aldeias são aglomerados de casebres, muita miséria e exploração infantil.
Exploração infantil, pois a qualquer hora do dia que se passe neste local o que se vê são crianças indígenas segurando faixas pedindo esmolas expostas ao sol e a poeira, estando muitas vezes acompanhadas de um adulto que fica a uma certa distância, na sombra, só fiscalizando. Em alguns casos é possível ver mães adolescentes amamentando seus bebês ao mesmo tempo que seguram essas faixas com dizeres ilegíveis em função da ação do tempo e da sujeira, expondo esses recém-nascidos a essa situação tão insalubre.
Outro aspecto grave desta área de reserva indígena é a ação de grupos armados de índios que praticam assaltos a motoristas, se aproveitando da escuridão da noite, da grande quantidade de quebre-molas e das péssimas condições desse trecho da rodovia federal, que destoa de todo o restante da mesma, que se encontra em boas condições.
Diante das cenas cotidianamente presenciadas faço os seguintes questionamentos cujas respostas já sei, mas que não me canso de repetir por não concordar com as respostas:
O que é feito com as verbas federais destinadas a infraestrutura das populações indígenas?
Por que não há uma política de desenvolvimento dessas populações no sentido de geração de emprego e renda através do trabalho rural para que eles saiam dessa ociosidade e se desenvolvam através do próprio trabalho?
Por que apenas os 22 Km da BR-226 que corta a reserva se encontram em péssimas condições?
Por que não há ações conjuntas das polícias federal e militar no sentido de combater o desenvolvimento de práticas criminosas entre os indígenas, através da punição dos envolvidos?

2 comentários:

  1. A situação desses indios está insustentável, ninguém aguenta mais tantos assaltos.

    ResponderExcluir
  2. Vergonha

    Passei por lá semana passada, carro de passeio não consegue passar de 40km pense de caminhão.

    A estrada em péssimo estado, muito buraco na região da reserva.
    Cadê os governantes da região?
    Família Sarney?

    VERGONHA

    ResponderExcluir

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: