CRVG Campeão Carioca de 2015!!!

CRVG Campeão Carioca de 2015!!!

quinta-feira, 21 de maio de 2015

VEREADOR PROF. ADONILSON (PC do B) FAZ PRESTAÇÃO DE CONTAS DOS PRIMEIROS 100 DIAS DO SEU MANDATO POPULAR.

Compromissado com os preceitos da democracia e com o entendimento de que o parlamentar deve estar a serviço do povo e ao povo deve prestar conta de suas ações, o Vereador Prof. Adonilson (PC do B) reuniu imprensa, políticos e eleitores para fazer a prestação de contas dos primeiros 100 dias do seu mandato popular.
Na ocasião o edil enfatizou o compromisso com suas raízes políticas, com a educação, com a sua comunidade, com a cidade e a importância da parceria com o governo do estado.
Entre as ações citadas pelo vereador destacam-se:
  • Redução do período de férias dos vereadores de Imperatriz, que hoje é de 90 dias, para a metade, para que se aproximem da realidade dos demais trabalhadores.
  • Casa do Estudante de Imperatriz.
  • Restaurante Universitário na UEMA. 
  • Posto de Saúde no bairro Parque Sanharol.
  • Ações junto aos movimentos sociais, como o das quebradeiras coco. 
O vereador também apresentou aos presentes o informativo impresso O MANDATO, que será o jornal trimestral que será uma das ferramentas de comunicação das ações do seu mandato xom a sociedade de Imperatriz. 

É o PC do B mostrando que política tem que ser feita para o povo e que a mudança é possível e está acontecendo. 

terça-feira, 19 de maio de 2015

ATENDIMENTO MÉDICO PARA OS SERVIDORES PÚBLICOS, EM BUSCA DO PAGAMENTO DOS PROFESSORES DA UEMA ( QUE A EX-GOVERNADORA NÃO PAGOU), BUSCANDO MAIS VÔOS PRO AEROPORTO DE IMPERATRIZ E BUSCANDO A RECUPERAÇÃO DA BR-222... ISSO FOI APENAS UM DIA DE TRABALHO DO DEP. MARCO AURÉLIO (PC do B)...

Nesta terça feira,  estive em várias audiências,  discutindo pontos importantes para a nossa região.


1. Com o Secretário de Gestão e Previdência,  Felipe Camarão,  discutindo o credenciamento de clínicas e hospitais em Imperatriz para atenderem aos servidores públicos do estado.  Uma demanda que solicitamos e que já está bem encaminhada. Avançamos também na pauta dos débitos dos professores substitutos da UEMA,  referente aos débitos deixados pelo governo anterior.


2. Com a Secretária estadual de Turismo,  Delma Andrade  e sua equipe.  Em pauta,  a necessidade urgente de regularização dos voos comerciais Imperatriz -São Luís  e vice versa. A empresa TAM  suspendeu quase todos os seus voos nessa linha,  criando uma situação muito difícil para os que precisam utilizar o transporte aéreo. O resultado disso é que dificilmente se consegue passagem sem antecipação e em consequência do aumento da demanda,  os preços das passagens subiram de forma absurda.  Foi o primeiro passo para  uma mobilização para revertermos a situação.  A ideia é : ou regulariza os voos ou passa pra outra empresa que queira operar com respeito ao nosso povo.


3. Com o Superintendente Regional do DNIT no Maranhão,  Gerardo de Freitas, com quem encaminhamos as cobranças de recuperação da BR 222 e imediata sinalização do trecho que tem desmoronamentos que chegam a comprometer metade da pista,  sobretudo no trecho entre Buriticupu a Santa Inês e reforçar a cobrança para que a obra da Travessia Urbana de Imperatriz possa ter efetividade no cronograma de execução.
Nesta quarta terei audiência com o secretário de segurança pública e a secretária de educação.

Deputado Professor Marco Aurélio

terça-feira, 12 de maio de 2015

AGORA VAI SER MADEIRA VERSUS "PÉ-DE-PATO"??? E A TÃO DESEJADA GOVERNABILIDADE, COMO FICA???

Quando vi a manobra pra levar o vereador José Carlos, popularmente conhecido como "Pé-de-Pato", à presidência da Câmara Municipal de Imperatriz, no ano passado, imaginei: "...o prefeito vai se enrolar todinho..."...
Parece que o desejo de tirar o antigo Presidente da Casa, o Vereador Hamilton Miranda, superou a racionalidade e a capacidade de planejamento político-estratégico do Prefeito.
Qualquer um que viesse acompanhando a política de Imperatriz nos últimos 2 anos e tivesse o mínimo de independência e inteligência poderia prever que o Vereador José Carlos, com o Poder que a Presidência da Câmara lhe dá, não seria tão fácil de lidar e aos poucos faria com que a sua condição lhe fosse favorável, colocando a prefeitura em "cheque"...
Agora o Prefeito tem o Presidente do Legislativo Municipal como oposição, segundo ele mesmo declarou hoje pela manhã na Câmara.
E a governabilidade do município?
Como será a relação entre o executivo e o legislativo?
Seria essa apenas uma manobra para barganhar benefícios próprios?
Será que o Prefeito nutriu por dois anos o seu principal adversário noa seus dois últimos anos de mandato?
Será que o Prefeito vai conseguir que a Câmara vote com ele como vinha acontecendo nos últimos anos?
O vereador José Carlos vai saber lidar com tanto poder?
Será que está sendo criada uma nova configuração na Câmara de Imperatriz com blocos de situação e oposição aos governos do município e do estado?
Neste momento essas perguntas povoam minha mente...

segunda-feira, 11 de maio de 2015

DEP. MARCO AURÉLIO (PC DO B/MA), 100 DIAS DE MANDATO, TEMOS O QUE COMEMORAR...

Colagem3
Neste dia 11 de maio, estamos completando 100 dias no mandato de deputado estadual do Maranhão.  Agradeço a Deus e a todos os amigos e amigas que nos deram essa possibilidade de estar buscando melhorar o nosso estado e focar na melhoria de nossa região Tocantina.
Primeiramente, destaco a importância desse mandato. Tenho me dedicado incansavelmente na construção de um trabalho que não venha decepcionar a confiança que nos foi depositada.  E isso não nos permite vaidades, arrogância nem distanciamento do Povo.
A presença tem sido mais que uma regra. É uma obstinação. Dessa forma, é uma questão existencial eu estar próximo de quem me deu a oportunidade de ser seu representante.  Imperatriz e a região Tocantina são minhas bandeiras. Toda semana estou em nossa região trabalhando, prestando contas, recebendo novos desafios, vivendo a rotina de nossa cidade e de nossa região.  Rotina… Não quero ser visto como um visitante.  Recebo a todos que me procuram, dando a atenção necessária.  Atendo, dentro de minhas possibilidades e quando não posso resolver não me falta a palavra sincera, porém,  sempre com ternura.
Colagem
No parlamento, identifiquei-me logo na chegada.  A experiência adquirida nos dois anos em que estive como vereador de Imperatriz me trouxe condições de já chegar com conhecimento de causa e com condições de defender bem o nosso Povo. Tenho pautado a rotina de Imperatriz e de nossa região na Assembleia Legislativa.  E o mais importante: Não só falado.  Minha experiência como parlamentar tem me ensinado que não adianta só fazer um discurso sobre um tema ou apresentar uma proposição, seja ela “indicação”, “requerimento” ou qualquer proposição.  E é por isso que a nossa condição de sintonia com o governo tem nos dado uma possibilidade diferenciada de fazer. Vivo a rotina de dedicação em todas as secretarias do Governo.  Levo demandas no cotidiano.  E se existir algo que prezo é pelo bom relacionamento.  A política requer isso.
Assim, nas secretarias estaduais de Infraestrutura, Educação, Saúde, Desenvolvimento Social, Segurança Pública, Casa Civil, Articulação Política, Agricultura, Agricultura Familiar, Indústria e Comércio, Turismo e tantas outras secretarias, tenho rotina e relacionamento com os membros devido a essa busca. E tenho sido respeitado por só levar demandas coletivas.
Colagem2
Temos conseguido posições que têm agregado mais força à nossa representatividade.  Ao chegar à Assembleia, fui convidado pelo Governador Flávio Dino a ser o vice-líder do governo e por consenso entre os deputados, fui eleito o presidente da principal comissão técnica da casa, a Comissão de Constituição e Justiça, CCJ. Funções essas que nos dão mais condições de estarmos bem posicionados no processo legislativo e fortalecendo as causas que defendemos.
Temos focado o nosso mandato prioritariamente na Educação.  É nossa causa maior. E nesses 100 dias de mandato, já conseguimos encaminhar um convênio de 1 milhão de reais para a UEMA em Imperatriz,  reforma de 4 escolas na região, a construção da escola de Ensino médio na região do Parque Alvorada em Imperatriz. No SALIMP (Salão do Livro de Imperatriz) desse ano, também teremos a novidade do Vale – livro,  onde estamos lutando para garantir que 5000 crianças da rede municipal sejam contempladas com o vale de 20 reais.  Também temos garantido avançar em políticas públicas para juventude.  Estamos conseguindo um ginásio de dimensões oficiais no grande Bacuri em Imperatriz. Além de outras conquistas e todas essas obras deverão ser executadas no decorrer deste ano.
Colagem 4
Todas essas conquistas, só têm sido possíveis pela fé maior, pela força de cada amigo e amiga que nos trouxe até aqui e pela sintonia com o governo do estado. Tenho claramente marcado minhas posições e acredito que o governo Flávio Dino está fazendo as transformações necessárias para o nosso Estado. Tenho acompanhado sua determinação.
Tenho recebido vários prefeitos e lideranças de cidades de outras regiões, solicitando apoio. Tenho dito incisivamente que no que precisarem de minha atuação,  minha voz, minha defesa e articulação para suas cidades, estou à disposição,  mas as emendas às quais eu tenho direito de destinar, que são R$ 3.150.000,00 ( Três milhões,  cento e cinquenta mil reais) por ano,  essas são um compromisso vedado,  exclusivo para a minha região Tocantina.  Só estou nesse mandato devido à minha região.
Aqui estamos, tendo concluído os primeiros 100 dias de mandato. Sem perder a essência que nos trouxe, preservando os mesmos valores que 30.900 pessoas avaliaram em nós.
Preciso da força de cada amigo e amiga para continuar essa jornada.  Tenho certeza que posso dizer: “Até aqui o Senhor nos ajudou”.
Maranhão, 11 de Maio de 2015
Deputado Estadual Professor Marco Aurélio

O TESTAMENTO DO PADRE JOSIMO... (colaboração de Jhonson Alves)

Em seu belíssimo Testamento Espiritual pronunciado durante a Assembleia Diocesana de Tocantinópolis, MA, no dia 27 de abril de 1986, poucos dias antes de seu assassinato, dizia Josimo que sua morte estava anunciada, encomendada e prescrita nos anais das correntes que desejavam ardentemente eliminá-lo. Novos Anás e novos Caifás já o haviam julgado. Mas Josimo se encontrava firme, pois havia assumido o seu trabalho pastoral no compromisso e na causa em favor dos pobres, dos oprimidos e injustiçados, impulsionado pela força do Evangelho. Josimo declarou:"Pois é, gente, eu quero que vocês entendam que o que vem acontecendo não é fruto de nenhuma ideologia ou facção teológica, nem por mim mesmo, ou seja, pela minha personalidade. Acredito que o porquê de tudo isso se resume em três pontos principais:- Por Deus ter me chamado com o dom da vocação sacerdotal e eu ter correspondido.- Pelo senhor bispo, D. Cornélio, ter me ordenado sacerdote.- Pelo apoio do povo e do vigário de Xambioá, então Pe. João Caprioli, que me ajudaram a vencer nos estudos."O discípulo não é maior do que o Mestre. Se perseguirem a mim, hão de perseguir vocês também." Tenho que assumir. Agora estou empenhado na luta pela causa dos pobres lavradores indefesos, povo oprimido nas garras dos latifúndios. Se eu me calar, quem os defenderá? Quem lutará a seu favor? Eu pelo menos nada tenho a perder. Não tenho mulher, filhos e nem riqueza sequer, ninguém chorará por mim. Só tenho pena de uma pessoa: de minha mãe, que só tem a mim e mais ninguém por ela. Pobre. Viúva. Mas vocês ficam aí e cuidarão dela. Nem o medo me detém. É hora de assumir. Morro por uma justa causa. Agora quero que vocês entendam o seguinte: tudo isso que está acontecendo é uma conseqüência lógica resultante do meu trabalho na luta e defesa pelos pobres, em prol do Evangelho que me levou a assumir até as últimas conseqüências.A minha vida nada vale em vista da morte de tantos pais lavradores assassinados, violentados e despejados de suas terras. Deixando mulheres e filhos abandonados, sem carinho, sem pão e sem lar. É hora de se levantar e fazer a diferença! Morro por uma causa justa .”Mas ele não imaginava que a morte viria tão cedo. Dia 10 de maio de 1986, dia das mamães, padre Josimo foi assassinado covardemente enquanto subia as escadas do prédio da Mitra Diocesana de Imperatriz, MA, onde funcionava o escritório da CPT Araguaia-Tocantins. Ainda teve forças para entrar no hospital andando. Isso foi o que fazendeiros deram a dona Olinda, mãe do padre Josimo, no dia das mães.

TEXTO DA COMISSÃO PASTORAL DA TERRA-CPT, UTILIZADO HOJE NAS IGREJAS PRA REFLEXÃO EM FUNÇÃO DO 29° ANIVERSÁRIO DA MORTE DO PADRE JOSIMO.

quinta-feira, 7 de maio de 2015

POR QUE O VEREADOR PROF. CARLOS HERMES (PCdoB) VEM RECEBENDO TANTOS ATAQUES NAS REDES SOCIAIS???

Ver. Prof. Carlos Hermes
"Não se joga pedra em árvore que não dá frutos..."
Simplesmente porque não se joga pedra em árvore que não dá frutos...
Nos últimos dias o Vereador e Prof. Carlos Hermes/PC do B-MA vem recebendo ataques de assessores de vereadores e deputados, além de blogueiros e outras pessoas que não possuem atividade definida para que possa ser citado...
O Vereador que tem quase 100% de frequência na Câmara, vem recebendo acusações falsas e de baixíssimo nível que insinuam que o mesmo é faltoso.
Mas não é de hoje que o parlamentar é alvo de ataques em função da sua postura político-ideológica pouco comum em um câmara cuja composição, em sua maioria, é dominada por políticos com pouca ou nenhuma ideologia.
Carlos Hermes tem postura rígida e não foge ao debate de temas polêmicos nem se nega a enfrentar seus colegas de parlamento para defender seus princípios  ideológicos e seu grupo político, sempre que considera necessário...
Professor por formação, mantêm relação próxima com o sindicato da categoria e se envolve em todas as ações em defesa dos docentes, tanto em nível municipal quanto estadual.
Carlos Hermes, diferentemente da maioria dos seus colegas da Câmara, que por "forças ocultas" sempre defendem empresários, caracteriza seu mandato por defender causas e movimentos populares, como nos movimentos FORA VBL...
Carlos Hermes ralou muito para conquistar sua cadeira na Câmara Municipal, sua campanha foi popular e modesta, mas cheia de originalidade e participação da sua comunidade e dos seus colegas de profissão.
Para finalizar, Carlos Hermes está em evidência, representa o PC do B, partido do governo do estado, em Imperatriz, tem história política de lutas pelas causas populares, vem se destacando e conquistando cada vez mais espaço na política municipal, tudo fruto do seu trabalho, desenvolvido em uma longa história política, e isso incomoda muita gente...

quarta-feira, 6 de maio de 2015

O ESTACIONAMENTO DO LADO ESQUERDO DA AV. DORGIVAL É BOM PARA O TRÂNSITO, PORTANTO É BOM PARA A CIDADE. MAS QUANDO VÃO DISCIPLINAR O TRÂNSITO E AS ÁREAS DE ESTACIONAMENTO DO "MERCADINHO"???

Não entendo a polêmica em torno da demarcação da nova área de estacionamento da Av. Dorgival Pinheiro de Sousa, que agora se encontra exclusivamente do seu lado esquerdo...
Eu como cidadão, pedestre, motorista acho a mudança muito boa, a referida via já não comportava mais o alto fluxo de veículos em suas duas faixas centrais, a determinação de proibição do estacionamento do lado direito liberou essa faixa para o trânsito e inevitavelmente melhora o fluxo do tráfego.
As cidades crescem, a população aumenta, a frota segue o mesmo crescimento, e Imperatriz, segunda maior cidade do estado não foge a essa regra, seria muito bom se todos pudessem estacionar seus veículos próximos aos seus destinos, mas isso não acontece mais em cidades com mais de 200 mil habitantes.
Em toda cidade de médio ou grande porte que busca a otimização do seu tráfego visando o bem estar de seus cidadãos, tem regras rígidas para estacionamento, não há como fugir dessa tendência.
Os comerciantes não sairão prejudicados, o consumidor se adaptará, o "calçãdão" é o "coração" do centro comercial da cidade, com alto fluxo de clientes, e nenhum carro estaciona em frente às lojas.
Estacionar o carro um pouco mais longe do seu destino ou ter que pagar estacionamento privado faz parte da rotina dos cidadãos diversas cidades de médio e grande porte dentro e fora do Brasil.
Inclusive há cidades que para melhorar o trânsito nos seus centros comerciais, cobram pedágios para que os carros adentrem às áreas mais próximas.
O equívoco desse processo é que para otimizar esse processo e diminuir o fluxo de veículos no centro comercial e melhorar o trânsito, é preciso ter transporte público de qualidade, coisa que Imperatriz não tem.
E o paradoxo de toda essa celeuma inútil é que o os mesmos críticos da mudança da zona de estacionamento da Av. Dorgival, são os mesmos defensores da VBL, empresa de ônibus coletivo que volta e meia se envolve em polêmicas com os usuários e os órgãos de fiscalização.
A lógica seria que os defensores da empresa de ônibus apoiassem medidas que incentivassem o uso do transporte coletivo.
Todavia, da mesma forma que elogio as recentes medidas tomadas pela Secretaria de Trânsito, critico-as por considerá-las incompletas, pois há regiões zonas dentro do perímetro urbano da cidade em que o trânsito é caótico, totalmente desorganizado sem fiscalização, como no caso do mercadinho, onde cada um faz o que quer, há privatização de áreas públicas de estacionamento e não há horário determinado para embarque e desembarque de carga.
Há muito ainda para ser melhorado, mas tudo tem que partir de um começo...

segunda-feira, 4 de maio de 2015

TIMES DE VOLEIBOL DE IMPERATRIZ, COMANDADOS PELO TEC. GETULIO MELO, CONQUISTAM CAMPEONATO E TERCEIRO LUGAR EM TORNEIO DE ALTO NÍVEL EM PARAÍSO DO TOCANTINS...

Time Adulto de Imperatriz e o Tec. Getulio Melo.
No último final de semana duas equipes de Voleibol de Imperatriz representaram a cidade de forma brilhante em um torneio de alto nível em Paraíso do Tocantins-TO, cidade a 60 km da capital, Palmas, tendo um dos times se sagrado Campeão, formado por atletas adultos, e outro tendo conquistado o terceiro lugar, formado por atletas da categoria infanto-juvenil, com atletas com até 17 anos de idade.
A final foi vencida por 3 sets a 1, com destaque para os atletas Pablo (8), eleito o melhor atleta da competição, e Waueverton foi escolhido o melhor levantador da competição, na equipe infanto que conquistou o terceiro lugar o destaque foi o atleta Rian Luigui.
Ambas as equipes foram treinadas e comandadas pelo técnico multi-campeão, 100% imperatrizense, Getulio Melo, que em seu currículo tem diversos títulos municipais, estaduais, regionais, nacionais e até internacionais, e faz parte do Programa de Formação de Técnicos da Confederação Brasileira de Voleibol - CBV.
Um fato curioso e que valoriza a conquista contra o time do SURGIU foi a presença de atletas profissionais que disputam ou que já disputaram a SUPERLIGA, como o atleta Alemão, que joga no Cruzeiro-MG, que recentemente ganhou a Superliga A e B, e o atleta Juarez, que jogou no São José e que atualmente joga em Israel.

Atleta Pablo de Imperatriz, eleito o melhor jogador da competição.
Equipe do SURGIU que fez a final contra o time de Imperatriz.
Capitão Maurício Rêgo com o troféu ao lado dos atletas Alemão e Juarez,



domingo, 3 de maio de 2015

PROGRAMA SÓCIO-TORCEDOR, PATROCINADORES... DEPOIS DA EUFORIA DA FESTA DO TÍTULO O "CAVALO DE AÇO" PRECISA DE GESTÃO EM MARKETING-ESPORTIVO PARA MANTER O TORCEDOR PRÓXIMO DO TIME...

Todo mundo quer participar da festa, mas nem tudo é festa...
Refiro-me especificamente ao título do Campeonato Maranhense de Futebol, conquistado ontem, de forma brilhante e incontestável, pelo time do Imperatriz, time carinhosamente conhecido como "Cavalo de Aço"...
A maior prova de que a festa é passageira foi a "visita" da Polícia Federal à bilheteria do estádio, poucos dias antes do jogo final, para confiscar parte do que que foi arrecadado pela venda de ingressos em função de processos trabalhistas que o time tem.
Quem vive o dia-a-dia do clube sabe que a realidade está longe de ser uma festa como a de ontem, como muitos times pequenos do futebol brasileiro, o público tradicional nos jogos, está longe de ter o quantitativo apresentado ontem.
Hoje, um dia após a conquista, muitos saem às ruas com a camisa do Cavalo de Aço e batem no peito, no escudo do time, exaltando o título e o orgulho pelo time da cidade...
Pois bem, acho que está na hora da cidade mostrar que tem um time, a cidade através de seus cidadãos, está na hora dos imperatrizenses mostrarem que esse orgulho e esse sentimento não são "fogo de palha" ou uma "modinha" impulsionada   pela empolgação de um título, hora dos torcedores abraçarem o time durante todo o ano.
Isso poderia ser feito através de um programa do tipo "SÓCIO TORCEDOR", com pequenas contribuições mensais.
Por exemplo: ontem no estádio havia mais de 10 mil fanáticos e animados torcedores, se cada um desses torcedores assinassem e confirmassem a participação como "SÓCIOS TORCEDORES" e fizessem mensalmente doações de apenas R$ 20,00; teríamos mais de R$ 200.000,00 (duzentos mil reais), que com certeza daria uma boa base para o time.
Por outro lado os "cartolas" do time teriam que cumprir normas rígidas de gestão administrativo-financeira com prestação de contas periódicas.
Também é um excelente momento para buscar patrocínio na iniciativa privada, pois o time vai participar de competições nacionais e pode ser uma grande e importante vitrine para empresas da região que querem aparecer para o Brasil, ou para as multinacionais que se instalaram na cidade, que pretendem mostrar que apoiam o esporte.
É possível fazer...

"Queria ver os torcedores de ontem se tornarem os torcedores fiéis de amanhã...
Ser torcedor só quando o time é campeão, é fácil..."


quarta-feira, 15 de abril de 2015

A CARTA DA VBL, É BLEFE OU É SÉRIO? ENTRE SEUS APAIXONADOS DEFENSORES E A FISCALIZAÇÃO, MAS E O USUÁRIO QUE SÓ QUER TRANSPORTE PÚBLICO DE QUALIDADE, COMO FICA?

Comunicado da VBL...
O documento em que a Viação Branca do Leste, a VBL, comunica que paralisará suas atividades em 48 horas caso a Prefeitura não apresente um plano de fiscalização, sem dizer o que quer que fiscalize, me gerou mais dúvidas do que esclarecimentos.
Seria só um blefe pra barganhar benefícios ou seria sério, mas se for sério, é legal? E a população como fica?
Na minha humilde visão esse "Caso VBL" é cheio de peculiaridades, há muita "paixão" e pouca, pouquíssima ou nenhuma racionalidade...
De um lado tem-se jornalistas, blogueiros (muitos deles patrocinados e estampando a logomarca da empresa em seus blogs e redes sociais) e políticos como apaixonados defensores ferrenhos da empresa sem que seja claro o motivo de tanta "paixão" por uma empresa privada...
Do outro lado tem-de os usuários, alguns mais sensatos com demandas por mais qualidade nos serviços prestados e outros mais extremistas pedindo para que a empresa seja banida do transporte público da segunda maior cidade do Maranhão...
Em comum entre os dois lados tem-se os discursos radicais apoiados em ideologias de direita e esquerda e as acusações de que o "outro lado" estaria recebendo "agrado$", um para defender e o outro para atacar...
Comunicado do MPTP em resposta ...
Mais uma vez na mais pura manifestação do meu entendimento, acredito que a saída da empresa não beneficia o usuário de verdade, que reclama, não com a intenção de que a empresa saia, mas que ela melhore.
Não há como negar que há falhas nos processos da empresa e que essas falhas afetam a qualidade dos serviços, principalmente no que se refere ao tratamento dado a portadores de necessidades especiais, cadeirantes e idosos, sem falar que em diversas linhas a irregularidades nos horários prejudica, e muito, o usuário.
Um ponto que a empresa e seus respectivos defensores mantem com firmeza é a necessidade de reajuste da tarifa em função dos aumentos dos insumos e salários, sou capaz de entender, todavia o bom-senso me diz que houve aumento há poucos meses, e que a maioria dos usuários da empresa são de baixa renda. Como eles iriam suportar mais um aumento?
Mas tenho convicção que se a empresa melhora-se seus serviços, o usuário não teria tantas queixas em relação à tarifa.
Outro ponto que me gera dúvida é sobre o contrato de concessão para a exploração do serviço. Será que a administração pública não se resguardou com sanções contratuais para uma situação como essa de distrato unilateral?
A lei 8.666/93 a Lei de Licitações resguarda a administração pública e estabelece para situações como essa e sanções para o concessionário que decide romper com o contrato, inclusive estabelece prazos...
O Código de Defesa do Consumidor resguarda o usuário e o aponta como parte mais fraca na relação.
Outro ponto que gera dúvida e que a carta da VBL não deixa claro é a respeito de que tipo de fiscalização e a quem ela deseja que seja fiscalizada, se forem os transporte clandestinos, aí vou concordar com a VBL.
Todavia o curioso dessa história é que os "defensores" da VBL são em sua maioria defensores e aliados do governo municipal, o que faz com que a medida que se defende uma das partes, ataca-se outra...
Creio que a solução para esse empasse passa inevitavelmente por um TAC, o Termo de Ajuste de Conduta, que como o nome diz pode definir diretrizes bilaterais para que ambas ajustem suas ações e não permitam que o usuário, que deveria ser o foco, tanto dos reclamantes quanto dos "apaixonados" defensores, fique prejudicado...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

PENSO, LOGO EXISTO (René Descartes)...

Seguem esse blog: